Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Gari do DF é medalhista de ouro em Campeonato Brasileiro de Karatê

Renato Santos, de 25 anos, trabalha como varredor da Sustentare Saneamento há 1 ano e quatro meses e treina a modalidade desde 2019



O varredor do Distrito Federal Renato Santos, de 25 anos, é o atual medalhista de ouro do Campeonato Brasileiro de Karatê 2022, na categoria de 22 a 31 anos, na modalidade faixa verde e roxa. Renato alcançou o primeiro lugar da competição no último sábado (15/10), no Ginásio Internacional Newton de Faria, em Anápolis (GO).

Na capital da República, o atleta divide o trabalho de varrição e recolhimento de lixo em vias públicas da cidade, com a rotina de treinos. A empresa que ele trabalha como gari, a Sustentare Saneamento, é a patrocinadora oficial do carateca.

Veja publicação da Sustentare Saneamento:


Assista imagens de Renato em alguns dos campeonatos que ele já participou:


O atleta trabalha das 6h às 14h20, diariamente, há um ano e quatro meses. Assim que guarda a vassoura após o trabalho, segue para o treino de luta, na Asa Sul, apesar de representar uma academia na M Norte, em Ceilândia, região administrativa onde reside.

“Minha rotina de treinos é um pouco difícil por causa da distância que tenho que percorrer todos os dias. Minha primeira competição foi em 2020 e a minha colocação foi o 4º lugar. Depois de um tempo, comecei a treinar com o meu atual técnico, Alberto Azevedo, que é atleta da seleção brasileira, e com o trabalho desenvolvido, conquistei nove ouros e três pratas nas competições”, orgulha-se o atleta.

Para continuar treinando e atingir o objetivo de participar de outras competições, Renato conta com o apoio da Sustentare. “A empresa, além de me patrocinar, me apoia e ajuda com os equipamentos que preciso e também no custeio das viagens e liberação no serviço para eu participar das competições. Esse patrocínio caiu do céu. Sou muito, muito grato por tudo o que fazem por mim”, frisou.

Antes de vencer o Campeonato Brasileiro de Karatê, também no início deste mês, o atleta ficou em primeiro lugar no Open Nacional do esporte, na mesma categoria disputada por ele.

“Pretendo continuar trabalhando como gari para conseguir manter a rotina de atleta. O meu sonho, agora, é participar da Copa do Brasil de Karatê, da Confederação Brasileira (CBK), e da seletiva para fazer parte da seleção brasileira, que acontecerá no ano que vem”, pontuou.

Por Nathália Cardim - Metrópoles

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.