Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Goinfra investe R$ 80 milhões em ações emergenciais nas rodovias do Nordeste goiano

Presidente da Goinfra, Pedro Sales apresenta plano de contingência com obras que já estão em execução na área atingida fortemente pelas chuvas. Quatro novos contratos foram fechados para recuperar trechos afetados. Governador Ronaldo Caiado anuncia que passará Réveillon na região para acompanhar trabalho de recuperação e de auxílio a municípios afetados. “Estarei lá junto com toda minha equipe para dar apoio e comandar o processo de distribuição de cestas básicas às comunidades que estão isoladas”



O Governo de Goiás, por meio da Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), investirá R$ 80 milhões em ações do plano de contingência em atendimento à situação emergencial decorrente das condições climáticas no Nordeste goiano e em intervenções para garantir trafegabilidade e segurança aos motoristas e moradores da região. O governador Ronaldo Caiado, que está na região desde quinta-feira (30/12), passará a virada do ano na localidade para acompanhar o trabalho de auxílio aos municípios mais afetados e distribuição de cestas de alimentos.

“Estarei lá junto com toda minha equipe para dar um apoio e comandar o processo de distribuição de cestas básicas às comunidades que estão isoladas”, afirmou Caiado nesta sexta-feira (31/12). Segundo o governador, a expectativa é chegar a Teresina de Goiás no fim do dia. A princípio, a vistoria às áreas afetadas ocorreria no período da manhã, mas as condições climáticas não permitiram o deslocamento via aérea. “Vou passar [o Réveillon] por aqui, no Nordeste goiano, para dar apoio àquelas pessoas necessitadas. Já tem dois dias que estou na região e vou continuar aqui”, frisou.

O plano de contingência foi apresentado na tarde de quinta-feira (30/12) pelo presidente da Goinfra, Pedro Sales. Em live, transmitida pelas redes sociais da agência e pela Televisão Brasil Central (TBC), o gestor afirmou que, para dar respostas imediatas nesse momento extraordinário, foram fechados quatro contratos com empresas de grande porte.

Sales falou sobre o atendimento estratégico que será prestado aos municípios mais atingidos pelas chuvas torrenciais dos últimos dias e que precisam do socorro do poder público estadual, já que vivem situações dramáticas, como encabeçamentos de pontes levados pela enchente, transbordo em trechos de rodovias e perda de trafegabilidade em pistas não pavimentadas.

“Trata-se de um plano de guerra, face à emergência que vivenciamos. A tática foi formulada com a união de todo o corpo técnico da Goinfra”, ressaltou, explicando que, durante o prazo de execução das obras e até o final do período chuvoso, uma equipe de plantonistas vai coordenar os trabalhos, sempre em comunicação direta com os fiscais de campo, para diminuir o desconforto dos usuários das rodovias goianas. “Agradeço às empresas que atenderam a esse chamado de Estado e que já estarão mobilizadas nos trechos na próxima segunda-feira (03/12)”, fez questão de pontuar.

O gestor elogiou ainda a eficiência do governador Ronaldo Caiado, que possibilitou as novas contratações e o início imediato das obras, ao decretar, na última segunda-feira (27/12), situação de calamidade provocada por desastre súbito e chuvas torrenciais, que atingiram os municípios de Alto Paraíso de Goiás, Colinas do Sul, Teresina de Goiás, Cavalcante, Monte Alegre de Goiás, Campos Belos, Divinópolis de Goiás, São Domingos, Iaciara, Formoso, Niquelândia, São João d'Aliança, Guarani de Goiás e Flores de Goiás.

Veja a lista de intervenções programadas pela Goinfra:

Em andamento

- GO-241, recuperação do bueiro entre Mutunópolis e Estrela do Norte. O prazo para a entrega da obra é de 20 dias trabalhados.

- GO-241, recuperação do encabeçamento da ponte entre Santa Teresa Goiás e Formoso. Previsão para entrega da obra é de 20 dias trabalhados.

- GO-118, recuperação da erosão entre Alto Paraíso e Teresina de Goiás, que será executada em 45 dias trabalhados. A equipe emergencial também se mobiliza na rota alternativa à GO-118, que é a estrada vicinal que liga Cavalcante e Colinas do Sul. Por lá, já começam os serviços de levantamento de greide e cascalhamento, que darão trafegabilidade à travessia.

Outros trechos começam a receber ações emergenciais e preventivas a partir da próxima segunda-feira (03/01):

Não pavimentadas

- GO-132, de Santo Antônio da Cana Brava à divisa de Goiás com o Tocantins.

- GO-132, de Niquelândia a Colinas de Sul.

- GO-593, do entroncamento com a GO-464 até a divisa de Goiás com o Tocantins.

- GO-464, de Barragem Cana Brava até a Balsa do Cana Brava.

- GO-452, de Campos Belos à divisa de Goiás com a Bahia.

- GO-110, de Divinópolis, passando pelo Distrito de Porteira até GO-452 (Campos Belos).

- GO-447, de Divinópolis de Goiás a Monte Alegre de Goiás.

- GO-549, do entroncamento com a GO-447 até a GO-118.

- GO-110, de Iaciara a Água Quente.

- GO-236, de Flores de Goiás a Alvorada do Norte.

- GO-114, de Flores de Goiás até o entroncamento com a GO-239.

Pavimentadas:

- GO-464, de Minaçu à Barragem Cana Brava.

- GO-132, de Santo Antônio da Cana Brava ao entroncamento com a GO-241.

- GO-110/463, do entroncamento com a BR-020 até Divinópolis de Goiás. Equipes já estão na região trabalhando na GO-110 (Divinópolis/Campos Belos).

- GO-446, de Iaciara a Posse.

- GO-108, de Posse a Guarani de Goiás.

Fonte: Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra)

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.