Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Tadeu Filippelli grava vídeo tentando fazer nome em ano pré-eleitoral as custas do reajuste de servidores do GDF; será que cola ?


O ex-vice-governador do DF, Tadeu Filippelli, resolveu na sexta-feira (15) tirar uma casquinha do pagamento da terceira e última parcela do reajuste concedido aos servidores do GDF ainda em 2013, quando ele estava no Buriti juntamente com Agnelo Queiroz, do PT.

No vídeo, feito para parabenizar o Professor pelo seu dia, ocorrido na última sexta-feira (15),  Filippelli comenta que o caso foi parar no judiciário, mas se esqueceu de explicar que o governo que sucedeu à gestão do petista Agnelo alegou na época que não podia pagar a última parcela por não ter dinheiro em caixa. 

Para quem não se lembra, o governo do PT, sob a batuta de Agnelo /Filippelli, se preocupou em investir o dinheiro do contribuinte do DF na construção faraônica do Estádio Nacional de Mané Garrincha, que custou quase R$ 2 bilhões e não deixou um real  sequer, para pagar a terceira parcela que ele hoje bate no peito para comemorar.

Vale registrar que esse alto investimento do governo Agnelo levantou tantas suspeitas que o governo petista foi parar nas páginas policiais com a Operação Panatenaico da Polícia Federal.

As investigações apontaram  superfaturamento na construção do Mané Garrincha. O orçamento inicial da “reforma” era de R$ 600 milhões e no final chegou a quase R$ 2 bilhões.

Agnelo e Filippelli eram governador e vice durante as obras do Mané Garrincha

Portanto, se tem alguém que não pode reivindicar a paternidade quanto ao pagamento da terceira parcela do aumento aos servidores, esse se chama o desastroso governo Petista e muito menos o governo socialista de Rodrigo Rollemberg.

Veja o vídeo:

Da redação

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.