Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Após pedido da Pfizer para vacinar crianças, diretores da Anvisa são ameaçados de morte

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária já comunicaram o fato a polícia e o Ministério Público para que seja identificados os autores

 

O que deveria ser uma boa notícia na imunização dos pequenos contra a Covid-19 pode se transformar em caso de polícia, depois de cinco diretores da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), serem ameaçados de morte, caso aprovem a vacinação para crianças com idades entre 5 e 11 anos. Os ataques acontecem, dois dias após o laboratório Pfizer revelar que tem a intenção de pedir autorização ao órgão.
 
A própria agência confirmou as ameaças enviadas por e-mail. “Eles receberam, nesta quinta-feira (29/10), às 8h31, correspondência eletrônica com ameaças de morte na hipótese de eventual aprovação pela Anvisa de vacinas para crianças entre 5 a 11 anos”, divulgou a Agência em nota.
 
E a tentativa de intimidação não se limita apenas aos diretores da Anvisa, escolas do Paraná também receberam e-mails em tom de ameaça.  
 
“Diante da gravidade do fato, a Anvisa informa que oficiou imediatamente às autoridades policiais e ao Ministério Público, nos âmbitos Federal, Estadual e Distrital, entre outras, para adoção das medidas cabíveis”, completou ainda a Anvisa por meio de nota.
 
Vacinação de crianças
 
Essa iniciativa do laboratório Pfizer em solicitar autorização da Anvisa acontece depois de ter sido concedido parecer favorável da agência Food and Drug Administration (FDA) para imunização de crianças nessa faixa etária nos Estados Unidos. A FDA concluiu na última terça-feira (26/10), que os benefícios da vacina da Pfizer ultrapassam os riscos envolvidos.
 
O próximo passo agora é o  Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) dar o parecer final sobre o uso do imunizante em crianças entre 5 e 11 anos nos EUA.

Da redação Estrutural On-line

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.