Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Armazém dos móveis

Banner-armaz-m-dos-m-veis

Presidente da Câmara Legislativa visita obras e RAs no Distrito Federal

Rafael Prudente informou que o governo vai fazer um aporte de recursos para que as 10 RAs invistam em obras e compra de equipamentos Durante...

Rafael Prudente informou que o governo vai fazer um aporte de recursos para que as 10 RAs invistam em obras e compra de equipamentos


Durante conversa com jornalistas, na manhã desta quinta-feira (15), o Presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), Rafael Prudente, revelou que vai liberar recursos para as Regiões Administrativas (RAs). A declaração foi feita quando estava em Itapoã. No período da tarde ele cumpre agenda ao visitar a obra do Túnel de Taguatinga, a maior realizada atualmente pelo Governo do Distrito Federal (GDF).

Rafael Prudente informou ainda que estará presente na feira do produtor, no Sol Nascente, e irá visitar a cidade do Gama, onde terá um encontro com moradores.

Durante sua gestão, sua equipe detectou uma série de projetos acumulados nas administrações regionais. Para dar uma maior celeridade a esses trabalhos, ele deve assinar um decreto de centralização da economia, para que as RAs recebam os recursos, totalizados em R$5 milhões. Em um primeiro momento, as dez RAs vão receber recursos para obras e compra de equipamentos.

“O objetivo do governo é potencializar o trabalho e dar condições para as administrações trabalharem e dar pronta resposta a cada uma delas”, afirmou Prudente.

Na oportunidade, o Presidente da Câmara Legislativa anunciou que 62 mil doses de vacinas contra a Covid-19 estão previstas para chegar nesta quinta-feira (15). Há também a previsão de que, nos próximos dias, um total de 250 mil doses dos imunizantes cheguem ao Distrito Federal.

Cumprindo agenda no dia 16, Rafael Prudente deve assinar o Projeto de Lei nº 1.735/21, que vai reformular os cargos dentro da estrutura da Secretaria de Saúde. Pela nova regulamentação vai ser criado a  carreira de Gestão e Assistência Pública à Saúde, além das mudanças nos requisitos de escolaridade para ingresso em cargos públicos.

Da redação Estrutural On-line

Nenhum comentário