Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Casos de dengue no DF reduziram em 79,9%, diz Vigilância Ambiental

Resultados aferidos, em 20 de maio deste ano, mostram que foram notificados 7.058 casos prováveis de dengue, bem abaixo dos 35.080 do ano passado; redução foi possível em razão ao apoio da população é da Vigilância Ambiental


O Governo do Distrito Federal (GDF) por meio de sua Vigilância Ambiental informa que o casos de dengue, neste ano, caíram cerca de 79,9% se comparado ao ano passado. O período avaliado foi até maio deste ano, quando 7.058 pessoas foram contaminadas pelo Aedes aegypti – ano passado, no mesmo período, esse total foi de 35.080 casos.

 De acordo com a Semana Epidemiológica 20, além da consciência por parte da população, que tem ajudado na limpeza de lotes e não permitindo o surgimento de criadouros do mosquito, uma das ações que a Vigilância implantou para combater o mosquito transmissor foram tratamento focal com aplicação de inseticidas e larvicidas em territórios específicos, bloqueio focal e visitas domiciliares.

“Orientações quanto ao manejo de inservíveis, objetos que não servem mais – podem ser reservatórios de água parada, ou seja, lixo que serve como criadouro de mosquitos – e educação permanente da população em geral, necessariamente devem ser priorizadas em acordo com o fundamento epidemiológico e com as necessidades do público-alvo, levando em consideração a tríade de caracterização epidemiológica: pessoa, tempo e lugar”, detalha o diretor da Vigilância Ambiental, José Carlos Natal.

Agora no período de seca a tendência é que os casos diminuam, porém, todo cuidado ainda precisa ser adotado para que o haja uma diminuição de casos ainda maior. Entre as dicas estão os cuidados como evitar o acúmulo de água parada, que favorece a proliferação do mosquito, e não deixar recipientes ou objetos que possam servir de recipientes para acúmulo de água.


Da redação Estrutural on-line

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.