HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin
Banner-DFlash

Últimas notícias

latest
Banner-armaz-m-dos-m-veis

Ibaneis irá recorrer de decisão judicial que determina fechamento do comércio no DF

Na decisão, o comércio precisa ficar fechado até a taxa de ocupação de leitos de UTI para pacientes com covid-19 cair a 80%; se a medida não...


Na decisão, o comércio precisa ficar fechado até a taxa de ocupação de leitos de UTI para pacientes com covid-19 cair a 80%; se a medida não for derrubada, comércio volta a fechar amanhã (1)  

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), vai recorrer da decisão proferida, nesta terça-feira (30/3), pela juíza federal Kátia Balbino, que determina ao governo local a reimplantação de lockdown a partir desta quinta-feira (1/4). A juíza acatou um pedido da Defensoria Pública do DF que solicitava a reabertura do comércio somente depois que houvesse redução no índice de contaminação pelo novo coronavírus e na fila por um leito de UTI.

Atualmente a taxa de transmissão do vírus se encontra, segundo a Secretaria de Saúde do DF, em 0,94.  Ontem, foi registrado um recorde de óbitos por covid-19: 94 casos ocorridos em um intervalo de nove dias.

Na decisão de juíza, fica estabelecido que as atividades comerciais só podem voltar a funcionar depois que a ocupação de leitos de UTI para pacientes com covid-19 da rede pública esteja entre 80% e 85%. A magistrada determina ainda que a lista de espera de leitos UTI para este público na rede pública precisa estar com menos de 100 pacientes. Hoje a ocupação, tanto na rede pública quanto na privada, está acima de 95%.

O DF é a quarta unidade da Federação, de acordo com o Ministério da Saúde, que mais vacinou sua população proporcionalmente. Até o momento, 297.956 brasilienses receberam a primeira dose do imunizante e, deste total, 75.485 tiveram o reforço com a segunda aplicação.

Por redação Estrutural on-line

Nenhum comentário