Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

GDF prorroga prazo para pagamento do IPTU que agora pode ser parcelado em até 12 vezes

Os setores beneficiados são bares, restaurantes, lanchonetes, segmento de eventos, academias, hotéis e shopping centers afetados pela pandem...

Os setores beneficiados são bares, restaurantes, lanchonetes, segmento de eventos, academias, hotéis e shopping centers afetados pela pandemia; adesão ao Refis termina hoje (31)  


O Governo do Distrito Federal (GDF), através de sua Secretaria de Economia, irá prorrogar o pagamento das parcelas do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU) e da Taxa de Limpeza Pública (TLP). A decisão foi anunciada nesta quarta-feira (31/3) e vai beneficiar os setores de bares, restaurantes, lanchonetes, segmento de eventos, academias, hotéis e shopping centers afetados pela pandemia da covid-19. Agora, o contribuinte pode parcelar em até 12 vezes, sendo que o primeiro vencimento será em dezembro deste ano. Os boletos estarão disponíveis no portal da Receita do DF a partir de 1º de maio.

De acordo com o GDF, a medida faz parte do pacote de ações que o Executivo tem adotado para tentar conter os prejuízos causados à economia local pela pandemia. O pedido para a prorrogação do prazo partiu do setor produtivo que exigiu uma contrapartida do governo, que adotou o lockdown pelo período de quase um mês.

Quem não quiser participar da prorrogação basta acessar o portal Receita, na opção “Atendimento Virtual, Portaria 68/2021: Recusa prorrogação de vencimento”. 
É importante lembrar que não serão enviados novos carnês com as datas prorrogadas, isso também precisa ser feito pelo da Receita.

Refis

Nesta quarta-feira, 31, termina o prazo para adesão ao Programa de Incentivo à Regularização Fiscal (Refis) 2021. Voltado a renegociações de dívidas de pessoas físicas e jurídicas junto o GDF, o Refis tem dado desconto que podem chegar até 95% sobre multas e juros e de 50% sobre o valor principal da dívida.

Para aderir ao programa e consultar as condições de renegociações é preciso acessar o portal de serviços da Receita do DF. Podem ser renegociadas débitos do ICMS, Simples Candango, ISS, IPTU, IPVA, ITBI, ITCD, além débitos não tributários.

Por redação Estrutural on-line

Nenhum comentário