Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Cinco pessoas já foram presas por boca de urna neste 2º turno no DF

Seções eleitorais têm registro de filas desde as 6h. Colégio do DF onde vota a primeira-dama Michele Bolsonaro teve reforço na segurança


Reprodução google

Os eleitores do Distrito Federal chegaram cedo às seções eleitorais para votar. Em algumas instituições de ensino, houve filas no início da manhã deste domingo (30/10), que depois se dispersou. Na Escola Classe 7 de Ceilândia, por exemplo, mais de 50 pessoas aguardavam em frente ao portão de entrada desde as 6h. Já no Plano Piloto, o pleito deu-se de maneira calma e organizada, até as 10h30, sem qualquer intercorrência — o mesmo ocorreu em Planaltina.

Até o meio da manhã, cinco pessoas havia sido presas por boca de urna no DF e uma pessoa responsabilizada pelas propagandas irregular em outdoors. Uma mulher foi presa por crime eleitoral em Águas Claras (DF). O caso ocorreu na faculdade Unieuro, onde um juiz eleitoral deu voz de prisão em flagrante à eleitora, mas ainda não se sabe o crime cometido. Outro morador do DF acabou detido por estar veiculando uma música relacionada ao candidato do PL, Jair Bolsonaro.

Ceilândia

A movimentação nos locais de votação, em Ceilândia, seguem tranquilas. Na Escola Classes 35 foi registrada apenas uma pequena fila com a média de cinco pessoas.

A primeira-dama Michelle Bolsonaro vota na região administrativa na Escola Classe 7 de Ceilândia. Por lá, ela teve segurança reforçada, que contou com integrantes do Batalhão de Choque da Polícia Militar, agentes da Polícia Civil e representantes do Gabinete de Segurança Institucional (GSI) da Presidência da República.

Rafaela Feiliciano / Metrópoles

Asa Sul

A aposentada Vera Lúcia Guarieiro, 76 anos, chegou às 7h30 à Faculdade Upis, onde aguardou aproximadamente meia hora para conseguir votar.

“Minha seção é sempre cheia. No primeiro turno, votei à tarde, e demorou muito. Desta vez, resolvi vir nas primeiras horas, para não enfrentar transtornos. Mesmo assim, demorou cerca de 30 minutos”, relatou.

O Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) verificou que há 2.207.628 eleitores aptos a votar no segundo turno da capital do país.

Na Escola Classe 413 Sul, Ávila Rodrigues de Carvalho, 34, e o marido, Jutair Carlos Daguia, 44, votaram acompanhados pelos filhos. A movimentação no local ocorreu tranquilamente e sem filas, no início da manhã.

“Não demorou. No primeiro turno, também não tivemos problemas. Os meninos vieram acompanhar para compreender a importância [do voto]. Queremos o melhor para o Brasil”, comentou Ávila.

Na Escola Classe 316 Sul, a advogada Juliana Miranda, 41, chegou acompanhada da filha, Cecília Miranda, 9. “A intenção é mostrar para ela que todos devem exercer o direito de votar. É importante que as nossa crianças entendem desde cedo os principais temas da nossa realidade. A democracia é nosso maior motivo. Esperamos que o Estado democrático, a opção do respeito e do amor, vença”, opinou Juliana.

Planaltina

Em Planaltina quem optou por sair nas primeiras horas deste domingo (30/10) não enfrentou filas. “Cheguei e não deu nem cinco minutos [para votar]. Está super tranquilo. Todas as sessões estão vazias, [e o processo está] bem organizado”, comentou a professora aposentada Gilsa Ribeiro, 50 anos, que votou em um colégio público de Planaltina, a 50km do centro da capital federal.

No Centro de Ensino Médio 2, da cidade, o estudante de museologia João Pedro Gonçalves Guimarães, 22, encontrou a seção eleitoral praticamente vazia. “Não tinha fila. O processo em si não deve ter durado mais do que três minutos”, disse o universitário.

Transporte público

Ônibus e o metrô terão viagens de graça por todo o Distrito Federal, das 6h às 19h deste domingo (30/10). Nesse período, os passageiros poderão circular por qualquer linha e fazer a integração entre os modais sem necessidade de apresentar qualquer tipo de documento ou cartão. Também não haverá limite de prazo entre o embarque e o desembarque.

No metrô e no BRT, os passageiros poderão acessar as áreas de embarque dos terminais e estações pelas cancelas liberadas, ao lado das catracas. Nos ônibus de linhas comuns, o público poderá embarcar por qualquer porta do veículo. Se a entrada ocorrer pela porta dianteira, a saída será pela mesma passagem.

O BRT e os ônibus das áreas urbanas do DF circularão nos horários da tabela prevista para os sábados, com reforço nas linhas de maior demanda. Nas regiões rurais, os coletivos farão as viagens nos mesmos horários da tabela de dias úteis.

Crimes

Um homem foi preso por crime eleitoral em Águas Claras (DF), na manhã deste domingo (30/10). A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) informou que o caso ocorreu na faculdade Unieuro, onde um juiz eleitoral deu voz de prisão em flagrante ao eleitor. A corporação não informou o que o eleitor fez. Ele será levado para a sede da Polícia Federal (PF), responsável por agir em casos de crime eleitoral.

Houve ainda dois assassinatos no Recanto das Emas, com arma branca. Ao chegar no local o Corpo de Bombeiros do DF iniciou o salvamento de um homem, de 43 anos, que estava no chão com cortes na região femural. Ele evoluiu para uma parada cardiorrespiratória (PCR) e, após 50 minutos de manobras de reanimação, a vítima não resistiu. A segunda vítima, outro homem, de 25 anos, foi atendido e transportado pela corporação ao hospital. Ele, por sua vez, apresentava vários ferimentos, estava consciente, desorientado e instável.

Por Nathália Cardim, Beatriz Queiroz, Marcus Rodrigues e Jéssica Eufrásio - Metrópoles

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.