Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Petistas soltam caixa de abelhas contra bolsonaristas em briga no DF

Os apoiadores da candidata à reeleição para deputada federal, Bia Kicis, estavam na plataforma superior da rodoviária quando foram atacados


Foto: Marcelo Ferreira/CB/D.A Press.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) investiga um ataque com motivação política cometido por um grupo vestido com camisas do Partido dos Trabalhadores (PT) contra pessoas que faziam campanha para a deputada federal Bia Kicis (PL), na Rodoviária do Plano Piloto. Os eleitores do candidato Luiz Inácio Lula da Silva teriam aberto um saco plástico e jogaram uma caixa com abelhas para atingir os bolsonaristas.

Os apoiadores da candidata à reeleição para deputada federal estavam na plataforma superior, quando foram avistados pelos eleitores do PT, que passavam pela plataforma inferior. O segundo grupo se aproximou do primeiro, soltou as abelhas e houve uma correria generalizada. Pelo menos oficialmente, ninguém procurou o Corpo de Bombeiros solicitando atendimento.

Integrantes do grupo de apoiadores da deputada bolsonarista registraram ocorrência na 5ª Delegacia de Polícia (Área Central) e foram ouvidos em termo de declaração. Segundo eles, homens e mulheres vestidos com camisas e carregando bandeiras do PT jogaram a caixa de abelhas propositalmente para que fossem ficados pelos insetos.

Bolsa com foto de Lula

Este é o segundo caso de violência política registrado na capital do pais. A coluna revelou, na quarta-feira (28/9), que a PCDF investiga o espancamento de uma mulher que carregava uma bolsa estampada com a foto do rosto de Lula. A vítima é uma joalheira, de 49 anos. Um homem ainda não identificado a agrediu pelas costas, sem qualquer motivo aparente. Após o ataque, o suspeito fugiu sem levar qualquer objeto. O caso episódio ocorreu na Quadra 710 da Asa Norte, no último domingo (25/9).

De acordo com a vítima, ela voltava de um evento musical e empurrava a bicicleta pelo acostamento da rua que corta as quadras 700 da Asa Norte. “Senti um chute muito forte pelas costas e caí no chão. Só escutei o agressor gritando: ‘perdeu, perdeu perdeu”’. Mas em momento algum anunciou um assalto ou algo parecido. Ele só me chutava enquanto eu já estava caída”, contou.

Quando a agressão ocorreu, a joalheira carregava, além da bolsa com a foto do candidato petista, a bicicleta, relógio, carteira e outros objetos que poderiam ter sido roubados. “Não houve esboço de assalto ou roubo. Eu tentava chutá-lo de volta para me defender, mas fiquei muito machucada e nada foi levado”, disse.

Ao Metrópoles, o presidente do PT-DF, Jacy Afonso disse que não havia manifestação oficial do partido na data mencionada e, por isso, não poderia dizer quem eram as pessoas que estavam vestidas com a camiseta do partido no dia. A reportagem aguarda o posicionamento da campanha da candidata Bia Kicis.

Por Carlos Carone e Mirelle Pinheiro - Metrópoles

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.