Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Enfermeiros protestam em Brasília e no Rio contra veto do piso salarial

Grupos carregaram faixas contra a decisão do ministro do STF Luís Roberto Barroso, que vetou aumento do piso salarial da categoria


Celimar de Meneses/Metrópoles

Em meio à movimentação do desfile do Dia da Independência, nesta quarta-feira (7/9), grupos de enfermeiros se manifestaram em frente ao Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília, e em Copacabana, no Rio de Janeiro.

Os profissionais de saúde protestaram contra a decisão do ministro da Corte Luís Roberto Barroso, que vetou o aumento do piso salarial da categoria.

Os manifestantes de Brasília apresentaram uma grande faixa, onde se lia: “STF não pode acabar com o sonho de 3 milhões de famílias”.

“O Barroso suspendeu o piso salarial por 60 dias. As três casas tinham aprovado, mas ele barrou, era pra gente receber este mês. Estamos lutando há 30 anos, todos assinaram, o sindicado entrou na Justiça e ele vetou afirmando que é inconstitucional”, disse o enfermeiro Cleiton Lopes, 36 anos.

À frente do grupo, o deputado distrital e candidato à reeleição Jorge Viana (PSD) acompanhou o protesto. “Sempre estive com a categoria. Não vou parar enquanto eu não vir uma enfermagem forte, que tenha respeito. Essa é minha missão”, afirmou o deputado aos participantes do protesto.

Os enfermeiros levaram ainda um isopor recortado em formato de caixão, onde estava escrito: “Enfermagem de luto, piso salarial é lei”. Outro manifestante fez queixa contra os ministros da Suprema Corte no megafone: “Eles não foram eleitos pelo povo, não vamos deixar isso acontecer. Viva a enfermagem”.

Por Celimar de Meneses, Francisco Dutra e Samara Schwingel - Metrópoles

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.