Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Cliente é baleado no rosto durante assalto a posto de gasolina no SIA

Três assaltantes foram filmados durante a ação. Nas imagens é possível ver o momento em que dois deles se aproximam e um abre fogo


Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) procura por três homens acusados de balear o cliente de um posto de gasolina durante tentativa de assalto, no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA). O caso ocorreu no início de agosto, mas só veio à tona nesta sexta-feira (2/9). A vítima, que tem 35 anos, é um homem e foi atingido no rosto pelo disparo. Toda a cena foi filmada pelo circuito de segurança interna do estabelecimento.

Nas imagens é possível ver quando dois homens iniciam a ação, ambos armados. Um terceiro espera pela dupla próximo do local. Nas filmagens, o frentista que estava de plantão aparece imprimindo um cupom fiscal, próximo à bomba de gasolina. Ao perceber a aproximação dos criminosos, corre.

O cliente, que estava dentro do veículo, vira o alvo dos bandidos e acaba baleado. Mesmo ferido, ele conseguiu acelerar e fugir do trio.

Os autores estavam a pé e fugiram em direção a uma invasão que fica próximo ao Lúcio Costa. O cliente ferido pediu socorro poucos metros depois de conseguir sair da mira dos bandidos e foi transportado para o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF), onde ficou internado por seis dias e já recebeu alta.

Movimentação estranha

Um dos gerentes, e que pediu para não ser identificado, conta que essa foi a segunda vez que o posto é alvo de criminosos. “Já teve um assalto antes, há quase um ano. Levaram um celular e dinheiro de um frentista. Desde então, não havia tido mais”, relembra. “De noite é bem perigoso. Aqui fica muito escuro”, lamenta.

Segundo o gestor, o local tem sido alvo de crimes devido à invasão que se instalou próximo ao Lucio Costa. “Com essa invasão, começaram a aparecer pessoas estranhas. A gente fica com medo. Todo dia estamos aqui à mercê”, completa outro funcionário. O caso é investigado como tentativa de latrocínio pela 38ª Delegacia, em Vicente Pires.


Por Marcus Rodrigues do Metrópoles

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.