Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Mais vagas de cirurgias eletivas no Distrito Federal

Em setembro, governo Ibaneis vai contratar mais de 3,2 mil procedimentos na rede privada para diminuir a fila de espera 


Imagem de Sasin Tipchai por Pixabay / Somente uso editorial / Atribuição não requerida

O governador Ibaneis Rocha assinou edital autorizando a contratação de serviços da rede privada para complementar a oferta de cirurgias eletivas na rede pública do DF. O comunicado para mais de 3,2 mil procedimentos está aberto até 9 de setembro e vai contemplar cirurgias de histerectomia, vesícula, hernia umbilical e hernia inguinal.

A Secretaria de Saúde já iniciou os exames pré-operatórios de alguns pacientes para, assim que assinada a contratação, possam ser encaminhados para as cirurgias.  “Nós temos buscado todos os tipos de recursos e medidas para acelerar as cirurgias eletivas no DF, que foram muito prejudicadas pela pandemia”, afirma o governador Ibaneis Rocha. “Essa parceria da rede pública com a rede privada vai colaborar muito para a diminuição das filas e temos certeza de que será um sucesso”, completa. 

O governo Ibaneis não mede esforços para reduzir a fila das cirurgias e forças tarefas estão sendo realizadas nas unidades de saúde. Só para o procedimento de catarata, são 50 por semana, sendo 40 no Hospital Regional de Taguatinga e dez no Hospital Regional da Asa Norte. A fila de casos graves da doença está praticamente zerada, com menos de 80 pessoas aguardando atualmente. 

No Hospital de Ceilândia, as cirurgias estão acontecendo durante o dia, à noite e aos sábados pela manhã. A unidade chega a realizar 100 operações em uma única semana. 

Por todo esse empenho, mesmo com uma pandemia, em 3 anos e meio a gestão Ibaneis fez 222 mil procedimentos cirúrgicos.

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.