Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Turbulência deixa 8 feridos e desvia voo da American Airlines

Seis passageiros e 2 comissários reclamaram de dores nas costas e no pescoço após o incidente. Sete pessoas precisaram de atendimento médico


Imagem de Lars Nissen por Pixabay / Pixabay License Grátis para uso comercial Atribuição não requerida

Uma forte turbulência enfrentada por um voo doméstico causou apreensão e resultou em ferimentos para passageiros e tripulantes nos Estados Unidos.

56 pessoas estavam a bordo do Embraer ERJ-175, da American Airlines. 

A aeronave, matrícula N270NN, realizava o voo MQ-3609/AA-3609 de Tampa, na Flórida, para Nashville, no Tennessee.

O susto se deu quando o jato estava a 37 mil pés de altitude, a 80 milhas náuticas (148 km) ao Sul de Birmingham, no Alabama.

A turbulência severa causou ferimentos leves a 2 tripulantes de cabine e em 6 passageiros. Após o incidente e uma rápida avaliação do comandante, o avião desviou para Birmingham, onde pousou em segurança na pista 24, cerca de 20 minutos após a ocorrência. 

Dos 8 feridos, 7 foram levados para hospitais locais, com dores no pescoço e nas costas.

Não se sabe se os passageiros feridos usavam o cinto de segurança no momento do incidente. As companhias, no entanto, alertam para que o instrumento de segurança permaneça atado durante todo o voo, pois turbulências repentinas podem ocorrer. Os comissários, que precisam se deslocar a maior parte do tempo dentro da aeronave, ficam mais vulneráveis.

Um avião substituto foi deslocado para dar prosseguimento à viagem. O pouso em Nashville aconteceu com cerca de 6 horas de atraso.

O jato da Embraer envolvido no incidente - registrado na última quarta-feira (20) - permaneceu no solo em Birmingham por cerca de 20 horas antes de retornar ao serviço, segundo informou o Aviation Herald.

POR LUIZ FARA MONTEIRO | Do R7

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.