Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Veja momento em que Dado Dolabella é agredido em GO; vídeo

O ex-ator global se envolveu em confusão com os moradores e acabou sendo agredido Uma gravação obtida pela coluna, com exclusividade, mostra...

O ex-ator global se envolveu em confusão com os moradores e acabou sendo agredido



Uma gravação obtida pela coluna, com exclusividade, mostra o momento em que o ator Dado Dolabella é agredido em Alto Paraíso de Goiás, cidade turística na Chapada dos Veadeiros (GO), a 200km de Brasília. Conforme a Na Mira revelou, o ex-global se envolveu em confusão com os moradores e acabou sendo agredido. O artista registrou boletim de ocorrência na Polícia Civil em 4 de abril deste ano.

De acordo com o boletim, o cantor recebeu uma paulada nas costas quando estava em uma praça da cidade. Ele contou aos agentes que não conseguiu identificar quem havia batido nele. No vídeo, é possível ver que um homem discute com Dolabella e desfere chutes. Segundo testemunhas, a briga teve início porque o cantor teria se envolvido com uma mulher casada da região. O caso foi noticiado por Leo Dias, colunista do Metrópoles.

O vídeo foi feito por um morador da cidade, que estava indo a um mercado do local quando flagrou a confusão.


Sob condição de anonimato, um morador relatou à coluna que o ator chegou a ir até a residência do casal. “Ele ficava provocando. Até que o marido contratou um homem para bater nele”, disse. “A vida dele aqui é agitada e cercada de luxo. Costuma frequentar retiros e festas que cobram entrada de até R$ 8 mil”, narrou.

Maconha e fuga da blitz

Em 21 de março deste ano, o ator foi abordado e detido pela Polícia Militar de São João D’Aliança, também na Chapada, por porte ilegal de drogas. O artista circulava por uma das ruas da cidade turística, quando a PM local o abordou. Ele carregava 12 gramas de maconha.

Dolabella precisou assinar um Termo Circunstanciado, procedimento relacionado a crimes de menor potencial ofensivo, feito pela própria PMGO. O artista foi liberado após firmar o compromisso de comparecer em audiência quando intimado pela Justiça. A maconha, que estava acondicionada em um saco plástico, foi enviada para perícia na Polícia Civil Goiana.

Pit-bull vegana

O caso de porte ilegal de drogas envolvendo o cantor e ator Dado Dolabella e a agressão sofrida por ele são apenas dois dos episódios polêmicos que cercam o artista. Vizinhos que moram no mesmo condomínio do ex-global o acusaram de deixar uma cadela da raça pit-bull solta na região. O animal teria atacado moradores, animais silvestres e motociclistas da cidade.

Segundo vizinhos do ator, a cadela, batizada de Mocka, é rotineiramente deixada “solta na natureza”, contrariando as regras ambientais do Morro da Baleia, conhecido paraíso ecológico da Chapada. O caso ganhou repercussão após, preocupados, moradores da cidade comentarem sobre a rotina da cachorra em um grupo no WhatsApp.


O ator chegou a responder aos moradores, enviando mensagens de áudio. Nelas, Dado justifica que Mocka é um cão é extremamente dócil e, inclusive, seria vegana. “Ela nunca atacou ninguém e jamais ocorreu qualquer episódio semelhante. Ela é vegana e não come carne há seis anos. De qualquer forma eu peço perdão e esse tipo de coisa não voltará a acontecer”, disse o ator.

A defesa do ator se pronunciou, por meio de nota, afirmando que Dado tem autorização legal para compra e consumo do óleo da cannabis.

Veja o posicionamento da defesa do ex-global:

“Dado Dolabella possui licença com origem em prescrição médica para comprar e consumir o óleo de CBD (óleo da Cannabis) – canabidiol. Importante esclarecer que o filho de Dado Dolabella, portador de autismo, faz uso do referido óleo proporcionando à criança saúde e bem-estar. O CBD também possui efeitos anticonvulsivos ajudando no bem-estar da criança que não apresenta mais referidas convulsões.

Constata-se, assim, que não se trata de drogas ilícitas, como veiculado pela matéria. O ator não foi preso. Dado Dolabella, como pai zeloso, busca o melhor para seu filho ter uma vida saudável. Importante esclarecer também que a agressão sofrida pelo ator foi sem causa”.

Por Mirelle Pinheiro e Carlos Carone do Metrópoles

Nenhum comentário