Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Menina de 8 anos é estuprada, e PCDF divulga retrato falado de suspeito

Agentes buscam qualquer informação que possa ajudar a identificá-lo. Crime aconteceu atrás do Museu da Memória Candanga, em 2 de abril



A polícia divulgou nesta terça-feira (12/4) o retrato falado (foto em destaque) de homem que estuprou uma menina de 8 anos de idade atrás do Museu da Memória Candanga, no Guará II. O caso aconteceu em 2 de abril, entre 12h e 12h40. Os investigadores buscam qualquer informação que possa ajudar na identificação do criminoso.

A criança pediu R$ 22 aos pais para comprar refrigerante e doces numa padaria na QE 56. A menina saiu de casa e passou pela área verde atrás do museu, o autor estava debaixo de uma árvore e a chamou. Quando a garota se aproximou, ele a arrastou para um ponto mais escondido.

O abusador então ameaçou matar a ela e a família, e violentou a criança. Durante o ato, o homem escutou a aproximação de um motociclista, que cortava caminho pela área verde, e fugiu. A criança correu até a testemunha, que percebeu o que estava acontecendo e mandou ela ir para casa, enquanto ele seguiu no encalço do criminoso.

O autor passou por um buraco na cerca e conseguiu fugir do motociclista, correndo para dentro da QE 56. A testemunha continuou atrás dele, mas não conseguiu pegá-lo. A vítima foi encaminhada ao Instituto Médico Legal (IML) e passou por exames.

O crime é investigado pela 4ª Delegacia de Polícia (Guará). O motociclista/testemunha será chamado para prestar declarações. “O retrato falado [do criminoso] foi confeccionado pelo Instituto de Identificação e a Policia Civil está atrás de qualquer informação que possa ajudar na identificação desse autor”, afirmou Johnson Kenedy, delegado adjunto da 4ª DP.

As características do estuprador são:

branco;
entre 1,60 e 1,70;
cabelo claro;
barba rala;
boné vermelho
blusa colorida (tanto na frente quanto atrás);
cinto de couro preto;
bermuda jeans preta;

Por Celimar de Meneses - Metrópoles

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.