Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Milagre da ressurreição não se confirma e frustra fiéis do pastor em frente funerária em Goiás; veja o vídeo

Pastor Huber havia dito que teria recebido revelações do Espírito Santo de que ressuscitaria às 23h30, três dias após sua morte



Clima de decepção para uma multidão de adeptos do pastor Huber Carlos Rodrigues, após o “milagre da ressurreição”, não acontecer após três dias da sua morte, conforme afirmado pelo próprio religioso que Deus o ressuscitaria. Os fiéis se concentraram na porta da funerária em Goiatuba, município de Goiás, nesta  segunda-feira (25), debaixo de chuva e a cada minuto que se passava o desânimo tomava conta dos presentes.
 
Durante a vigília, os adeptos registravam cada momento e entoavam cânticos em homenagem ao líder religioso. O evento foi acompanhado por mais de 11 mil internautas por meio de uma live no Facebook.
 
Encerrado o prazo da profecia, foi realizado o sepultamento do pastor na madrugada desta terça-feira (26). A funerária respeitou o desejo da família e o corpo de Huber Carlos Rodrigues foi mantido em um local refrigerado.

Vale lembrar que a “profecia da ressurreição”, havia sido realizada pelo pastor Huber Rodrigues, em 2008, e registrada em carta assinada por ele e por mais duas testemunhas. Na ocasião, ele afirmou ter recebido revelações do Espírito Santo de que ressuscitaria às 23h30, três dias após sua morte.


“Minha integridade física tem que ser totalmente preservada, pois ficarei por três dias morto, sendo que, no 3ª dia, eu ressuscitarei. Meu corpo durante os três dias não terá mau cheiro e nem se decomporá, pois o próprio Deus terá preparado minha carne e meu cérebro para passar por essa experiência”, disse.
 
Ainda de acordo com o pastor, milhares de pessoas passariam a acreditar na mensagem de Deus por meio de sua ressurreição.
 
“Eu não serei a luz, mas testificarei da luz, a luz verdadeira que veio ao mundo e ilumina todas as pessoas”, destacou.


Da redação Estrutural On-line

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.