Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Meteoro atravessa cidades mineiras e ilumina céu de Copacabana

Corpo espacial deixou rastro de luz intensa durante alguns segundos Observadores dos céus puderam ver a rota luminosa de um corpo celeste qu...

Corpo espacial deixou rastro de luz intensa durante alguns segundos


Observadores dos céus puderam ver a rota luminosa de um corpo celeste que entrou na atmosfera terrestre na noite de ontem (29) e cruzou quatro cidades brasileiras. Segundo registraram as câmeras de observação climática da plataforma Clima ao Vivo, um bólido – objeto de origem desconhecida em rota de alta velocidade – iluminou os céus de Itamonte, Varginha e Patos de Minas, em Minas Gerais, e também pôde ser visto do Rio de Janeiro.

Veja o registro em vídeo:


O fenômeno iluminou a Praia de Copacabana, na zona sul da capital fluminense. Os dados sobre a composição do meteoro, velocidade e rota não foram diagnosticados.

Segundo o astrônomo e diretor da Rede Brasileira de Observação de Meteoros (Bramon, na sigla em inglês), Marcelo Zurita, asteroides, meteoros e cometas orbitam o Sol em uma velocidade altíssima, entre 40 mil e 266 mil quilômetros por hora.

"Quando atingem a atmosfera da Terra nessa velocidade, mesmo fragmentos tão pequenos quanto um grão de areia são capazes de aquecer instantaneamente os gases atmosféricos, gerando um fenômeno luminoso chamado de meteoro. Então, o meteoro é apenas o fenômeno luminoso, nada mais. Meteoro não é sólido, não é líquido e nem gasoso, é apenas luz. Popularmente, o meteoro é também chamado de estrela cadente."

Por Agência Brasil - Edição: Lílian Beraldo

Nenhum comentário