Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Em Edéia, governador inaugura asfalto da GO-487 e entrega chromebooks

Parceria entre Governo de Goiás, empresa sucroalcooleira e produtores rurais resulta em melhoria na infraestrutura para escoamento da produç...

Parceria entre Governo de Goiás, empresa sucroalcooleira e produtores rurais resulta em melhoria na infraestrutura para escoamento da produção. Obra compreende, ainda, ponte de 180 metros sobre Rio dos Bois. Recursos para recuperação de dois trechos da rodovia somam R$ 97,2 milhões


O governador Ronaldo Caiado inaugurou, nesta terça-feira (21), a pavimentação de 21,79 quilômetros da GO-487, em Edéia. O trecho parte do entroncamento com a GO-595 e vai até o entroncamento com a GO-320, e é responsável pela ligação com a cidade de Vicentinópolis. Durante o evento, também entregou 115 chromebooks a alunos da 3ª série do Ensino Médio.

A obra, executada pela Agência Goiana de Infraestrutura e Transportes (Goinfra), compreende ainda uma ponte de 180 metros sobre o Rio dos Bois, dois bueiros celulares triplos e um bueiro celular duplo. O investimento total foi de R$ 55.630.450,03, recurso oriundo de parceria entre o Governo de Goiás, a Usina Caçu de Açúcar e Álcool e produtores rurais, por meio de crédito outorgado de ICMS, concedido pelo Estado.

“É fundamental que o Estado preserve o respeito e a dignidade às pessoas que aqui vivem. Este é o momento de construir, de mãos dadas, um objetivo único, diante de tantas dificuldades que temos pela frente”, afirmou o governador. “Trabalho para, ao final do meu mandato, continuar morando em Goiás com dignidade. Dizer que fiz a aplicação correta daquilo que foi gerado em forma de imposto, e que investi naquilo que é obrigação de um governante”, completou Caiado.

A pavimentação da rodovia era uma reivindicação antiga da população e, a partir de agora, trará um grande reforço ao escoamento da produção do setor sucroalcooleiro do Sul do Estado, que movimenta a economia de municípios como Vicentinópolis, Goiatuba, Edéia, Edealina, Pontalina, Moiporá e Joviânia, além de promover mais segurança a todos que passam pela região.

“Só para Goiânia, a rodovia vai encurtar 50 quilômetros. Temos ainda nove municípios diretamente impactados”, declarou o presidente da Goinfra, Pedro Sales. “Imagine durante as safras que virão, encurtar 50 quilômetros em cada viagem? Isso reduz o custo, fomenta a atividade, torna o produtor da região mais competitivo e permite o incremento das atividades para a geração de emprego e desenvolvimento da região”, reforçou.

Foram executados serviços de terraplanagem, pavimentação asfáltica em tratamento superficial duplo (TSD) e em concreto usinado a quente (CBUQ), de cinco centímetros, e drenagem profunda e superficial. A rodovia agora conta com pista de rolamento de 7 metros de largura e acostamento de 2 metros em cada lado, totalizando 11 metros, além de sinalização horizontal e vertical.

O trecho da GO-487 entregue recebeu o nome de Rodovia Marcelo Wirgues, em homenagem ao ex-presidente da Usina Caçu de Açúcar e Álcool, falecido em março passado, aos 52 anos, vítima de complicações da Covid-19. O empresário foi fundamental na parceria firmada entre o Governo de Goiás, a empresa sucroalcooleira e produtores da região.

“São homens como Marcelo que temos que reverenciar, aqueles que se dedicam a enfrentar todas as adversidades e, com isso, construir o futuro do nosso Estado de Goiás”, ressaltou o governador. Também sobre a homenagem, Pedro Sales reiterou que Goiás e o Brasil precisam de mais pessoas como Marcelo Wirgues. “Um produtor sério, bem intencionado, entusiasmado com o trabalho. Nos setores público e privado, precisamos de pessoas que tenham esse propósito para virarmos páginas tristes da nossa história”, disse.

Emocionada, a esposa de Marcelo, Marison Wirgues, agradeceu o reconhecimento. “É muita emoção ter o nome dele aqui. Tudo que ele desejava para o Estado, ele fez acontecer. Que fique cravejado que nós devemos fazer tudo com excelência”, afirmou.

Da mesma forma, o presidente do Sindicato da Indústria de Fabricação de Etanol do Estado de Goiás (Sifaeg), André Luiz Baptista Lins Rocha, destacou a “justa homenagem”. Segundo ele, “cada vez que a gente passar por aqui, que a gente ver um canavial, um caminhão de etanol, vamos lembrar de Marcelo”, apontou.

A Rodovia Marcelo Wirgues é continuidade da Rodovia Wilson Wirgues, batizada em memória do pai do homenageado. A pavimentação de 22,7 quilômetros, que foi entregue em julho de 2020, liga os municípios de Vicentinópolis e Porteirão. O investimento para a realização das obras, também em parceria entre o Governo de Goiás, a Usina Caçu de Açúcar e Álcool, e produtores rurais, foi de R$ 42,2 milhões.

Tecnologia na escola

Ao entregar os Chromebooks, Caiado ressaltou que o Estado investe pesado na educação e que faz isso cumprindo a aplicação correta daquilo que foi gerado em imposto. Disse que as destinações para o setor já somam mais de R$ 1,7 bilhão. “Peço aos professores que mostrem aos estudantes que não percam tempo no WhatsApp, mas que fiquem no Chromebook, na leitura, que se encham de cultura e capacidade para amanhã serem aprovados em faculdades e serem profissionais ou técnicos na área que escolherem”, afirmou.


Presenças

Também participaram do evento os deputados federais Delegado Waldir Soares e Flávia Morais; os assessores especiais da governadoria Lyvio Luciano e Luis Rates; a primeira-dama de Edéia, Lilian Cibele; o presidente da Câmara do Município, Diogo Soares; o ex-prefeito de Edéia, Oscar Ferro; a coordenadora regional da Educação de Palmeiras de Goiás, Sandra Luz de Freitas; os prefeitos Dione Araújo (Itumbiara) Silvada Fernandes (Bom Jesus de Goiás), Carlos Henrique Rodrigues (Mairipotaba), José Cândido do Nascimento (Santo Antônio da Barra), José Alves Vieira (Goiatuba), Renis Gonçalves (Joviânia) e Neilton Ferreira (Vicentinópolis); e os vice-prefeitos Carvalho Ariovaldo (Vicentinópolis) e Fernando Alves (Edealina); o ex-prefeito de Vicentinópolis, Zé do Neca; o presidente do Sindicato Rural, Diego Souza; os diretores Alexandre Soncini (Usina Caçu) e Sérgio Murillo (Construtora Perfil); e os comandantes coronel Ronny Alves de Souza (8º CRPM), coronel Henrikson de Souza Lima (6º CRPM) e Capitão Fabiano Wilson Freitas (5ª Companhia Independente Bombeiro Militar de Palmeiras de Goiás).

Fonte: Secretaria de Comunicação - Governo de Goiás

Nenhum comentário