Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

EITA! Vulcão capaz de provocar grande tsunami no Brasil entra em alerta

A previsão é que o tsunami poderia atingir o Brasil, principalmente as regiões Norte e Nordeste Um alerta amarelo emitido por autoridades es...

A previsão é que o tsunami poderia atingir o Brasil, principalmente as regiões Norte e Nordeste


Um alerta amarelo emitido por autoridades espanholas com relação a sinais de atividade até então moderada do vulcão Cumbre Vieja, localizado na ilha de La Palma, ligou o radar dos oceanógrafos de toda América, inclusive do Brasil .
 
Apesar de estar localizado a quilômetros de distância no continente africano, existe a possibilidade desse gigante adormecido entrar em erupção e provocar um tsunami capaz de percorrer distâncias transatlânticas e atingir o continente americano.
 
Por meio de um comunicado, o MetSul Meteorologia chamou atenção para um aumento significativo nos movimentos sísmicos da região desde o último sábado (11).
 
“Nos últimos dias, além de aumentar o volume de movimentos sísmicos, sua intensidade aumentou com abalos que tiveram magnitude superior a 3. A profundidade dos epicentros também diminuiu, em média, de 30 para 12 quilômetros. Só ontem foram mais de 100 tremores e um teve profundidade de apenas 4 quilômetros”, alertou.
 
O pesquisador do Instituto de Ciências do Mar da Universidade Federal do Ceará(UFC), Carlos Teixeira, em entrevista ao portal de notícias UOL, relatou que diversos estudos já divulgados confirmam que a hipótese do tsunami transatlântico é “real, e ela aconteceria caso houvesse uma erupção explosiva”, afirmou.
 
“ Ele [o vulcão] não estava dando sinais de erupção, mas agora ele chegou a um segundo nível. São quatro níveis de alerta. Ele pode vir a ter uma erupção, mas não significa que essa erupção vai gerar um tsunami, mas é uma possibilidade, mesmo que mínima”, ressaltou.
 
A projeção é que o tsunami poderia atingir praticamente todos os países banhados pelo oceano Atlântico, e que no Brasil, as regiões mais afetadas seriam Norte e Nordeste. Apesar disso, o pesquisador pondera que não há razões para pânico ou aflição, pois ainda que se confirme o fenômeno, as sequelas ainda sim, podem não ser graves.
 
“ Se essa possibilidade de erupção ocorrer, não significa que vai ser explosiva; se for, não quer dizer que vai chegar aqui com ondas de oito, dez metros; pode chegar aqui bem menor”, informou.

Da redação Estrutural On-line

Nenhum comentário