Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Armazém dos móveis

Banner-armaz-m-dos-m-veis

Durante manifestação contra ‘marco temporal’, indígenas entram em confronto com a PM na Esplanada dos Ministérios; veja o vídeo

O marco temporal determina que só poderão solicitar demarcações os povos que comprovarem que moravam na área requerida na data de promulgaçã...

O marco temporal determina que só poderão solicitar demarcações os povos que comprovarem que moravam na área requerida na data de promulgação da Constituição Federal, ou seja, em 5 de outubro de 1988.
 
Índios que resolveram se deslocar em direção a Suprema Corte, na Praça dos Três Poderes, nesta quarta-feira (1º), entraram em confronto com a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), na Esplanada dos Ministérios, na capital federal. O grupo é contra as demarcações de terras indígenas que devem seguir o chamado "marco temporal".  Segundo essa tese ruralista, os índios só teriam o direito de reivindicar a demarcação de terras que estivessem em sua posse no dia 5 de outubro de 1988, data da promulgação da Constituição.
 
A confusão teve início por volta das 15h, quando indígenas protestaram com pessoas que criticavam o movimento, próximo ao Ministério da Economia. Policiais militares usaram spray de pimenta para tentar dispersar o princípio de tumulto. Após essa ação, um grupo de manifestantes passou a arremessar pedras em direção a PM e um policial caiu ao ser atingido com um chute por um dos indígenas.

De acordo com a Polícia Militar, os ânimos se exaltaram entre alguns indígenas e um grupo de pessoas contrários ao movimento. Em um dado momento parte dos índios “foi em direção aos homens com o intuito de agredi-los”. Ainda segundo a PM, os militares tentaram apaziguar a situação, porém "os indígenas agrediram os policiais e os trabalhadores”.

Da redação Estrutural On-line

Nenhum comentário