Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Armazém dos móveis

Banner-armaz-m-dos-m-veis

DIA DE FÚRIA! Mulher é presa após colocar fogo em motorista de ônibus em Anápolis; veja o vídeo

A agressora disse que era comum os funcionários cobrirem o nariz quando ela passava pelo terminal Uma mulher teve um dia de fúria e assustou...

A agressora disse que era comum os funcionários cobrirem o nariz quando ela passava pelo terminal


Uma mulher teve um dia de fúria e assustou os passageiros que estavam em um terminal de ônibus em Anápolis, município que fica localizado a 55 quilômetros da capital Goiana.
 
Cansada de ser hostilizada por funcionários de uma empresa de transporte público, por ter mau hálito, ela invadiu um ônibus e ateou fogo no motorista que teve 80% do corpo queimado. A vítima foi encaminhada para o  Hospital Estadual de Anápolis, onde encontra-se sedado e intubado.
 
Imagens do circuito interno de segurança registraram o exato momento em que a agressora, movida pelo ódio, entrou no veículo e jogou  etanol onde estava o motorista. No vídeo é possível perceber que houve uma explosão e o condutor sai desesperado em chamas.
 
A vítima foi identificada como sendo  Walisson Barbosa dos Santos, de 35 anos, e de acordo com a família, seu estado de saúde é gravíssimo.
 
Momentos depois da tentativa de homicídio, a mulher foi contida por populares até a chegada de uma equipe da Polícia Militar (PM), que a conduziu para a delegacia.
 
Ao ser ouvida, a mulher justificou que era comum os funcionários cobrirem o nariz quando ela passava pelo terminal e, na quarta-feira, dia do ataque, Walisson Barbosa repetiu o gesto, causando nela indignação.
 
A delegada Cynthia Cristiane, responsável pelo caso, revelou como tudo aconteceu. "Ela foi até um posto de combustíveis, comprou etanol e ateou fogo contra a vítima. Ontem esse motorista teria feito gesto de tapar o nariz", contou.
 
Ainda de acordo com a chefe de polícia, no seu depoimento, a mulher não demonstrou nenhum arrependimento e segue detida em uma unidade prisional do município. A agressora deve responder pelo crime de tentativa de homicídio.
Em nota, a empresa Urban manifestou toda solidariedade ao motorista e que vai acompanhar de perto seu estado de saúde, além de acreditar no trabalho das autoridades competentes para responsabilizar a mulher responsável pelo ataque.
 
Veja o vídeo:
 
Da redação Estrutural On-line

Nenhum comentário