Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Após gravar áudio dando ultimato ao presidente do senado, Sérgio Reis vira alvo de investigação pela polícia; ouça o áudio

Após repercussão de suas declarações, cantor não está bem de saúde e está proibido pelos médicos a falar sobre o assunto   O Departamento de...

Após repercussão de suas declarações, cantor não está bem de saúde e está proibido pelos médicos a falar sobre o assunto  


O Departamento de Combate à Corrupção (Decor), deve intimar para depor o cantor e ex-deputado federal Sérgio Reis, após vazamento de um áudio em que o artista,  em tom de ameaça, promete parar o país, caso os senadores não aprovem o voto impresso auditável e autorizem a saída de todos os ministros do Supremo Tribunal Federal. No áudio, Sérgio Reis dá um prazo de 72 horas para que sejam cumpridas essas duas “ordens”.
 
Conforme informações divulgadas pelo portal Metrópoles, Sérgio Reis pode responder pelos crimes de associação criminosa voltada à prática dos crimes previstos nos artigos 129 (ofender a integridade corporal ou a saúde de outrem), 147 (ameaçar alguém, por palavra, escrito ou gesto), 163 (dano ao patrimônio) e 262 (expor a perigo meio de transporte público, impedir-lhe ou dificultar-lhe o funcionamento) do Código Penal.
 
O áudio que vem repercutindo nas redes sociais, o cantor promete dar um ultimato ao presidente do Senado,Rodrigo Pacheco (DEM-MG), no dia 8 de setembro.
 
– Vou dizer ao presidente do Senado que eles têm 72 horas para aprovar o voto impresso e tirar todos os ministros do STF. Isso não é um pedido, é uma ordem. […] Eu vou dizer ao presidente do Senado: se você não cumprir em 72 horas, vamos dar mais 72 horas, mas vamos parar o país. […] E se em 30 dias não tirar aqueles caras [ministros do STF], nós vamos invadir, quebrar tudo e tirar os caras na marra, pronto. E a coisa está séria – declarou, em conversa com um amigo.
 
Ainda de acordo com a gravação, Reis revelou que chegou a conversar sobre o assunto com o presidente Jair Bolsonaro e com militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica.
 
A esposa do cantor Sérgio Reis, disse ao jornal Folha de São Paulo, que após a repercussão do áudio, seu marido não está bem de saúde. Angela Bavini informou que Sérgio Reis está deprimido e com crise de diabetes.
 
“Ele está muito triste e depressivo porque foi mal interpretado. Ele quer apenas ajudar a população. Está magoado demais. O Sérgio foi induzido por pessoas que dizem estar em um movimento tranquilo. No fim, todo mundo vaza [desaparece] e sobra para ele, que é uma celebridade. Ele é querido e amado pelo Brasil inteiro, de direita, de esquerda”, disse.
 
Por orientação médica, o cantor não vai falar à imprensa ou receber amigos, afirmou Angela Bavini.
 
“ O diabetes dele subiu que é uma barbaridade. Às vezes, ele não tem noção do nome dele, do tamanho dele”, desabafou.
 
Ouça as declarações do cantor Sérgio Reis:

Da redação Estrutural On-Line

Nenhum comentário