Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Datena terá que pagar indenização a policial militar de SP por danos morais

Apresentador da Band criticou a atitude do PM que empurrou o cinegrafista durante acidente na capital paulista A Justiça de São Paulo conden...

Apresentador da Band criticou a atitude do PM que empurrou o cinegrafista durante acidente na capital paulista


A Justiça de São Paulo condenou o apresentador da Band, José Luiz Datena a pagar indenização ao policial militar Leonardo Oliveira Neves por danos morais. A ação foi movida depois que Datena chamou o policial de “desequilibrado” e o acusou de agredir um cinegrafista da emissora ao exibir uma matéria de um acidente no Centro de São Paulo. O processo tramita na Justiça desde agosto de 2020.

A defesa do policial argumentou que o seu cliente precisou falar mais incisivamente com o cinegrafista da Band que persistia em ficar na chamada “zona quente”, local onde o veículo estava tombado com o risco de explosão. A informação foi divulgada pelo colunista do UOL Rogério Gentile.

“Isso, para mim, é agressão. Esse cidadão aí empurrou o nosso cinegrafista! Isso aí é uma atitude incompatível com a Polícia Militar”, bradou Datena, irritado com a cena.

Ainda segundo a defesa do policial, a ação enérgica foi para preservar a integridade física do profissional. O apresentador e a emissora foram condenados, que espera da Justiça a realização de uma perícia para comprovar se o policial empurrou ou não o cinegrafista.

“O movimento do braço do policial evidencia que houve um toque entre o policial e o cinegrafista, o que é absolutamente inadequado, tendo em vista que o cinegrafista não representava nenhuma ameaça ao policial ou ao resgate em andamento”, disse a emissora à Justiça.

No entendimento do juiz Luís Eduardo Scarabelli não havia necessidade da realização de uma perícia por não haver evidências de agressão.

“Aliás, sua conduta foi louvável na medida em que buscou preservar o direito à vida não só da vítima do sinistro, mas também dos transeuntes locais, inclusive a [vida] do profissional da emissora de TV”, destacou o magistrado na sentença.

A defesa do policial pediu uma indenização de R$ 40 mil reais, porém vai receber R$ 5 mil.

Da redação Estrutural On-line

Nenhum comentário