Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Armazém dos móveis

Banner-armaz-m-dos-m-veis

Crianças carentes da estrutural receberá o prato mais queridinho da Capital Federal no Dia da Parmê

Celebrando um ano na Capital Federal, no próximo dia 19 de julho (segunda-feira), Aquela Parmê cria o Dia da Parmê e distribui parmegianas p...

Celebrando um ano na Capital Federal, no próximo dia 19 de julho (segunda-feira), Aquela Parmê cria o Dia da Parmê e distribui parmegianas para todas as crianças atendidas pela Creche Vovó Luzimar, na Estrutural


É tempo de amor, afago e solidariedade. E o restaurante Aquela Parmê, com um ano de casa e um total sucesso em Brasília, quer celebrar essa data sanando a fome, mas a fome de atenção, empatia e amor ao próximo. Por isso, a casa comemora seu primeiro ano com o lançamento do Dia da Parmê, no próximo dia 19 e com a distribuição de sua especialidade para mais de 60 crianças carentes da Cidade Estrutural, atendidas pela Creche Vovó Luzimar.

Segundo o gerente do restaurante, Mauro Souza, a parmegiana é um referencial gastronômico e merece um dia só para ela e para celebrar essa data nada melhor do que prestigiar os pequenos que muitas vezes nunca experimentaram a iguaria.

A casa está aberta de segunda a domingo, das 10 às 22h, no sistema delivery e takeaway.

"Quero apresentar os meus sinceros agradecimentos à empresa Aquela Parmê, localizada em Águas Claras, por proporcionar este momento às nossas crianças. As crianças não conhecem o prato que será oferecido: parmegiana. Ficamos até lisonjeados por sermos escolhidos e por tamanho carinho demonstrado à nossa creche", disse Ana Flávia, coordenadora da Creche

Serviço: Crianças carentes da estrutural recebem o prato mais queridinho da Capital Federal no Dia da Parmê
Data: 19 de julho (segunda-feira)
Endereço: Rua das figueiras número 6 loja 15 – Águas Claras, Brasília
Whatsapp: (61) 98156-9038
Instagram: @aquelaparme
Cardápio: https://aquelaparme.com.br/
Dias e Horários de Funcionamento: Todos os dias

Com informações do Jornal de Brasília - Edição Francisco Gelielçon / Estrutural On-line

Nenhum comentário