Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Slider

Últimas notícias

latest

Armazém dos móveis

Banner-armaz-m-dos-m-veis

Polícia Militar e Bombeiros do DF vão poder contratar novos profissionais

Isso porque Congresso Nacional derrubou o veto do presidente da República, Jair Bolsonaro, que barrava a contratação de 1.128 novos servidor...

Isso porque Congresso Nacional derrubou o veto do presidente da República, Jair Bolsonaro, que barrava a contratação de 1.128 novos servidores; os vetos impediam a PMDF de contratar 750 militares e os Bombeiros 378 profissionais

Imagem retirada do google

A sessão do Congresso Nacional, na noite desta terça-feira (1/6), derrubou o veto presidencial que proibia a contratação de 1.128 servidores da área da segurança pública, no caso, policiais e bombeiros militares, pra atuar no Distrito Federal. Agora, com a derrubada do veto, a capital federal fica apta a contratar os novos servidores.

“E agora passou pelo Senado! Caiu de vez o veto 16 à LOA, de autoria do presidente da República, que impedia a criação de mais de mil novos cargos na Polícia Militar e no Corpo de Bombeiros do Distrito Federal. E não vamos parar”, escreveu em suas redes sociais, o deputado distrital, que também integra a base governista na Câmara Legislativa do DF, Cláudio Abrantes (PDT).

Com o aval do Congresso, a Polícia Militar do DF, deve contratar cerca de 750 militares, e os bombeiros, em torno de 378 profissionais. As contratações da PM estão estimadas em um custo de R$ 45.096.494 e dos Bombeiros em R$ 38.050.625.

A medida, segundo as duas corporações, veio em boa hora, já que ambas sofrem com déficit no número de servidores. Os Bombeiros, por exemplo, soltaram uma nota informando que “encontrar soluções jurídicas que permitam que o planejamento anual de ingresso dos novos militares seja mantido, continuando apoiando e servindo a sociedade com excelência”.

A derrubada do veto teve 69 votos favoráveis e nenhum contrário.


Da redação Estrutural On-line

Nenhum comentário