Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Armazém dos móveis

Banner-armaz-m-dos-m-veis

Após decisão do Ministério da Saúde, DF deve ampliar vacinação contra a covid-19 para a população em geral

O secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, afirmou seguirá a determinação conforme as doses destinadas a este público sejam enviadas à capi...

O secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, afirmou seguirá a determinação conforme as doses destinadas a este público sejam enviadas à capital federal; as próximas remessas de vacinas poderão contemplar a população geral e iniciar a vacinação conforme a faixa etária


O secretário de Saúde do Distrito Federal, Osnei Okumoto, disse à imprensa local, que a capital federal poderá iniciar a vacinação contra a covid-19 para todos os públicos já no próximo período.

A decisão será possível, segundo Okumoto, em razão de determinações do próprio governo federal, que através da tripartite Ministério da Saúde, do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), decidiram autorizar estados e municípios a ampliarem a vacinação para todas as pessoas.

“A tripartite é soberana, vamos seguir a determinação. Mas, depende do envio de doses pelo Ministério da Saúde”, disse Okumoto. No momento, o DF está vacinando pessoas com comorbidades, adultos com idade acima de 60 anos e algumas categorias estratégicas, como profissionais de saúde, professores da rede infantil e agentes da segurança pública.

Pela determinação do governo federal, fica estabelecido que estados e municípios que não apresentarem demanda ou tenham demanda diminuída para vacinação dos grupos com maior vulnerabilidade, podem pactuar em CIB (Conass e Conasems) para que haja a adoção imediata de estratégia de vacinação segundo a faixa etária.

Dados da Secretaria de Saúde do DF mostram que, nesta quinta-feira (27/5), a capital federal chegou a 8.569 mortes pelo novo coronavírus. Até a última quarta-feira (26/5), a primeira dose da vacina havia sido aplicada em 609.364 pessoas. Os atendidos com a segunda dose, somavam 311.986.

O número de pessoas completamente imunizadas, com primeira e segunda dose, representa cerca de 10% da população do DF.

Por redação Estrutural On-line

Nenhum comentário