Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin
Banner-DFlash

Últimas notícias

latest

Armazém dos móveis

Banner-armaz-m-dos-m-veis

CLDF convida secretário de Saúde do DF para debater assuntos sobre o Plano Distrital de Vacinação

Os distritais querem saber se o governo planeja comprar vacinas de forma direta para ampliar a imunização; Delmasso diz ter conversado com a...


Os distritais querem saber se o governo planeja comprar vacinas de forma direta para ampliar a imunização; Delmasso diz ter conversado com a fabricante da vacina russa e garante que o imunizante pode vir a ser mais uma alternativa 

Os deputados distritais que integram a Comissão Especial da Vacina na Câmara Legislativa do Distrito Federal aprovaram, nesta quinta-feira (8/4), o convite para que o secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, e o subsecretário de Vigilância em Saúde, Divino Valero, possam participar de uma audiência pública – com data ainda ser definhada – para discutir assuntos relacionados ao Plano Distrital de Imunização.

O objetivo principal do convite as autoridades se dá em por causa da demora na vacinação do público-alvo. Segundo o presidente da Comissão, o deputado distrital Fábio Felix (Psol), um dos assuntos a ser tratado na audiência será sobre a possibilidade do governo local vir a comprar vacinas de forma direta, como tem ocorrido em outros estados.

“Defendemos a entrada de uma série de categorias prioritárias, mas é preciso concluir, pelo menos, a vacinação dos idosos. A secretaria precisa fazer um esforço concentrado para os maiores de 60 anos e, aí, abrir para os outros segmentos”, explicou o deputado durante a sessão de quinta-feira.

Outro que se manifestou sobre o tema foi o vice-presidente da Casa, Rodrigo Delmasso (Republicanos), que salientou que recentemente se reuniu com os diretores da União Química – responsável pela fabricação da vacina russa Sputnik V no Brasil. “Se a Anvisa agilizar a análise, logo teremos mais uma vacina”, afirmou Delmasso.

A Comissão também aprovou ofícios endereçados ao Ministério da Saúde e à Secretaria de Transporte e Mobilidade Urbana do DF pedindo que os rodoviários e metroviários do DF possam ser incluídos no grupo de pessoas prioritárias na vacinação contra a covid-19. Nos ofícios, os distritais lembram que a categoria é diariamente exposta ao vírus em ônibus e metrôs lotados.

Por redação Estrutural On-line

Nenhum comentário