Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Vacinação já reduziu os casos graves de covid-19 entre idosos

Dados da Codeplan e da Secretaria de Saúde registram diminuição do percentual de óbitos entre pessoas com mais de 80 anos Segundo Jean Lima,...

Dados da Codeplan e da Secretaria de Saúde registram diminuição do percentual de óbitos entre pessoas com mais de 80 anos

Segundo Jean Lima, presidente da Codeplan,  vacinação foi o fator responsável pela redução no percentual de óbitos dos idosos que desenvolveram a covid-19 | Foto: Joel Rodrigues/Agência Brasília

Em um momento delicado como o atual, com aumento na taxa de disseminação do coronavírus e de óbitos relacionados à doença, uma notícia traz esperança. Dados da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) mostram que, nos primeiros 24 dias deste mês, o percentual de óbitos por covid-19 de pacientes com mais de 80 anos caiu 10 pontos percentuais.

“O que já aponta nesses 24 dias é essa queda percentual significativa, e que sem dúvida nenhuma foi contribuída pela vacinação. É a única solução”
Jean Lima, presidente da Codeplan

Em fevereiro, 26,8% dos óbitos por decorrência do novo coronavírus registrados no DF foram de pacientes acima dos 80 anos de idade. Até 24 de março, esse percentual caiu para 16,6%. Uma redução significativa, tendo em vista que o percentual de pacientes infectados pela covid-19 nesta faixa etária permanece o mesmo desde janeiro, totalizando 2% dos casos registrados por mês.

O fator responsável pela redução no percentual de óbitos dos idosos que desenvolveram a covid-19 foi a vacinação, como explica o presidente da Codeplan, Jean Lima. “Em termos de casos, estamos ainda com patamares muito parecidos. O que já aponta nesses 24 dias é essa queda percentual significativa e que, sem dúvida nenhuma, foi resultado da vacinação”, avalia. “É a única solução”.

Para efeitos de comparação, o percentual de óbitos registrados em pessoas entre 30 a 39 anos, 40 e 49 anos e 50 e 59 anos de idade aumentou de fevereiro até 24 de março (3,6, 1,5 e 5,5 pontos percentuais, respectivamente). Uma constatação de que as medidas de proteção contra o coronavírus, como o isolamento social, uso de máscara e de limpeza das mãos, ainda têm que ser seguidas.

“A eficácia da vacinação já repercute muito nesse público”
Petrus Sanchez, secretário adjunto de Assistência à Saúde

Dados da Secretaria de Saúde (SES) também apontam para a vacinação como fator decisivo para a redução no número de mortes de idosos acima de 80 anos por decorrência da covid-19. Se compararmos de março de 2020 com os dados coletados nos primeiros 24 dias do mês atual, houve uma redução de 32,5% no número de óbitos nesta faixa etária.

“A eficácia da vacinação já repercute muito nesse público”, ressalta o secretário adjunto de Assistência à Saúde, Petrus Sanchez. “Os dados que temos coletado evidenciam que as internações entre os idosos com mais de 80 anos também estão reduzindo. Por isso as vacinas são tão importantes”.

Até o momento, 234.536 pessoas já receberam a primeira dose da vacina contra a covid-19 no DF. De acordo com a SES, todo o público-alvo de idosos com mais de 80 anos, estimado em cerca de 42 mil pessoas, já recebeu a primeira dose do imunizante. Para a segunda dose, a pasta calcula que faltam pouco mais de 16 mil pessoas para recebê-la, o que representa 37,8% do total.

Para mais informações sobre a campanha de imunização contra a covid-19 no DF, clique aqui.

POR FLÁVIO BOTELHO, DA AGÊNCIA BRASÍLIA | EDIÇÃO: RENATA LU

Nenhum comentário