HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin
Banner-DFlash

Últimas notícias

latest
Banner-armaz-m-dos-m-veis

Setores da sociedade pede que haja investigação para saber se houve uso político das forças policiais no ocorrido, já que o PM era contra o lockdown

O caso ocorreu no domingo à tarde na região do Farol da Barra; o PM era noivo e trabalhava na corporação há quatro anos A Secretaria de Segu...

O caso ocorreu no domingo à tarde na região do Farol da Barra; o PM era noivo e trabalhava na corporação há quatro anos


A Secretaria de Segurança Pública da Bahia (SSP-BA) confirmou a morte do policial militar, Wesley Soares Góes, que foi alvejado, na tarde deste domingo (28/3), depois de disparar para o alto e também contra os colegas de farda, que foram acionados para conter ação. O caso aconteceu na região do Farol da Barra, em Salvador, e ganhou repercussão nacional, já que a morte do PM foi gravada e circula na internet (ver vídeo abaixo).

Antes do ocorrido, os policiais tentaram negociar com Wesley por mais de três horas, até o momento, segundo a SSP-BA, em que ele começou a atirar contra os policiais. Nesta hora, os PMs, que eram policiais da Equipes do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), revidaram e Wesley foi atingido.

De acordo com familiares do policial, ele era noivo e trabalhava na corporação há 4 anos. A família também, diferente do que diz a SSP-BA, afirma que Wesley teria surtado, diz que não há registro, por parte dos familiares, de algum caso em que ele tenha surtado.

A SSP-BA também disse que o policial tinha o rosto pintado de verde e amarelo quando começou a efetuar tiros no Farol da Barra. Esse fato levou à especulação, por setores da sociedade, de que Wesley estaria protestando contra as medidas restritivas contra a pandemia de covid-19 que tem sido implantada no estado da Bahia.

Para alguns jornalistas locais, que acompanham o caso de perto, o fato que motivou os disparos contra o policial foi sua posição política de ser contra o lockdown.

“Precisamos ver os sinais. É preciso ter uma atenção especial para os fatos que estão acontecendo no campo da segurança pública. Quando abrirmos os olhos será tarde demais”, diz um artigo publicado no portal Policiamento Inteligente.

Por redação Estrutural on-line

Nenhum comentário