Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

DF pode começar vacinação de pessoas com idade acima de 18 anos já no segundo semestre

Com repasses ou compra direta, DF pode atender população geral em julho Em suas redes sociais, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Roc...

Com repasses ou compra direta, DF pode atender população geral em julho

Em suas redes sociais, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) disse que pode vir a comprar vacinas contra a covid-19 para que possa começar em julho deste ano a vacinação de pessoas com idade acima de 18. Atualmente, o DF vacina as pessoas acima de 69 anos, e também começou – mediante agendamento – a vacinação de profissionais da saúde que atuam na rede privada.

Nesta segunda-feira (23/3), durante a entrevista coletiva para falar sobre as ações do governo no combate à pandemia, o secretário de Saúde, Osnei Okumoto, reafirmou a fala do governador e disse que a Secretaria de Saúde está em tratativa com três empresas produtoras de vacinas para viabilizar a compra direta do imunizante sem precisar passar pelo intermédio do Ministério da Saúde (MS).

Porém, segundo Okumoto, o governo se depara com uma realidade que tem sido imposta a todos os países, que é a falta de vacina no mercado. Como a demanda tem sido muito alta, as empresas produtoras não tem conseguido acompanhar os pedidos. “Nenhum laboratório procurou ou ofertou diretamente ao DF. Enquanto eles não têm um quantitativo para oferecer, eles só falam de valores para o governo federal”, diz.

Ainda de acordo com o secretário, mesmo que a compra das vacinas, de forma direta, não se concretize até julho, as doses que ainda serão repassadas pelo MS deve possibilitar a vacinação da população em geral no próximo período.
Secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto disse que previsão também é feita com base nos envios de doses pelo Ministério da Saúde

“Desde a primeira reunião com o ministro [da Saúde, Eduardo] Pazuello, ele citou que grande parte, mais de 200 milhões, chegariam no segundo semestre. Creio que a disponibilização no mercado fará com que vacinemos a população no segundo semestre”, afirmou Okumoto.

Por redação Estrutural on-line

Nenhum comentário