Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Vigilante de 57 anos morre enquanto participava de curso de reciclagem

Vítima de parada cardiorrespiratória, Raimundo José de Sá morreu durante curso de atualização profissional, em uma academia no Gama



Um vigilante de 57 anos morreu, na manhã desta quinta-feira (3/11), após passar mal durante um teste físico em uma academia na Ponte Alta Norte, próxima ao balão do Gama.

O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) recebeu o chamado por volta das 10h40 para o local da academia, que promove cursos de formação de vigilantes. A vítima, Raimundo José de Sá, participava de um processo de reciclagem no momento em que passou mal.

A reportagem apurou que o vigilante fazia polichinelos em um tatame, quando se sentiu mal e teve uma parada cardiorrespiratória. O instrutor da atividade física chamou um brigadista, que fez procedimentos de primeiros-socorros e acionou o socorro ao perceber que o aluno não reagia.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) encontrou Raimundo José vivo e tentou reanimá-lo por cerca de 50 minutos. No entanto, a vítima não resistiu.

A vítima trabalhava como vigilante em uma escola na Candangolândia havia passado por exames médicos antes de começar o curso de reciclagem.

Diretor de comunicação do Sindicato dos Vigilantes do Distrito Federal (Sindesv-DF), Gilmar Rodrigues afirma que não sabia se o colega de profissão tinha algum tipo de comorbidade.

“E, nesses exames [periódicos], só perguntam se a pessoa está bem. No máximo, verificam a pressão [arterial]”, comenta Gilmar.

A empresa que promove o curso de formação e aperfeiçoamento de vigilantes tem alvará de funcionamento válido e está em situação regular junto ao Coordenação Geral de Controle de Serviços e Produtos da Polícia Federal.

Raimundo José nasceu era natural do Piauí e morava no Riacho Fundo 2. Após o ocorrido, os demais participantes do curso de reciclagem prestaram homenagens ao colega.

Por Felipe Torres e Jéssica Eufrásio - Metrópoles

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.