Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Morre Guilherme de Pádua, assassino de Daniella Perez, aos 53 anos

Informação foi divulgada por um pastor da igreja frequentada pelo ex-ator, em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais


Reprodução

Morreu, neste domingo (6/11), aos 53 anos, o ex-ator Guilherme de Pádua, assassino da atriz Daniella Perez. Ele sofreu um infarto fulminante.

A informação foi divulgada em uma live pelo pastor Márcio Valadão, da Igreja Batista da Lagoinha, onde o ex-ator se tornou pastor anos depois de executar friamente a atriz Daniella Perez, em 1992. Pádua foi condenado pelo crime bárbaro, que chocou o país, e ficou preso seis anos e nove meses.

“É um moço que a sociedade não compreende, porque ele praticou aquele crime tão terrível da Daniella Perez, foi preso, cumpriu a pena e se converteu. Era uma lagarta e virou borboleta. Dentro de casa, caiu e morreu. Morreu agorinha. Acabou de morrer”, disse Valadão no vídeo.

Assassinato

Pádua assassinou a atriz Daniella Perez em 1992, com sua esposa na época, Paula Thomaz. Ele e Daniella faziam par romântico na novela De Corpo e Alma, escrita por Gloria Perez, mãe de Daniella. Pelo crime, Pádua foi condenado a cumprir 20 anos de prisão por homicídio qualificado.

O assassinato voltou aos holofotes neste ano, quando a HBO Max lançou um documentário sobre o caso. Na época, Pádua fez um vídeo se defendendo dos ataques:

“Minha reação natural é de me defender, qualquer um tem direito de resposta no mundo natural, mas eu não vivo mais no mundo natural. Todos os dias quando eu acordo eu me lembro que sou o Guilherme de Pádua, que tenho essa carga nas minhas costas, e toda manhã é uma luta”, disse em vídeo publicado na ocasião.

No vídeo publicado pelo ex-ator em seu canal do YouTube, ele manda um recado para Glória Perez e Raul Gazolla, viúvo de Daniella.

“Sempre disse que o meu maior sonho era poder pedir perdão”, explicou. De acordo com Pádua, muitas pessoas duvidavam que ele realmente tenha se arrependido de ter cometido o crime. Por causa disso, ele estava gravando o vídeo para a autora de novelas.

Por Junio Silva e Júlia Portela - Metrópoles

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.