Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

EITA! Desembargador aposentado, diz: “Solução será prender Alexandre de Moraes”; assista o vídeo

O discurso ocorreu neste domingo (20), em frente ao QG do Exército, em Brasília


Foto: Reprodução / Youtube

Sebastião Coelho, desembargador aposentado, trabalhou durante 30 anos e 11 meses no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT), atuou também como vice-presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF).

Coelho defendeu a prisão de Alexandre de Moraes, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Segundo ele, há base legal para isso, uma vez que Moraes "há muito, não respeita a Constituição".

As declarações foram feitas neste domingo (20), em frente ao QG do Exército, em Brasília onde foi gravado um vídeo de seis minutos e sete segundos, de sua fala.

Assista:


"A solução será prender Alexandre de Moraes. E eu dou a base legal para isso: temos de fazer tudo de acordo com a constituição e com as leis. O senhor ministro Alexandre de Moraes, há muito, não respeita a Constituição", afirmou o ex-desembargador.

Ele ainda alertou os manifestantes para que retirassem as faixas pedindo o fechamento do STF.

"Isso pode caracterizar um atentado contra a instituição. Não façam isso", alertou Sebastião Coelho.

Disse ainda, que mais de 80% (Oitenta por cento) dos juízes de primeira e segunda instâncias do Brasil não estão de acordo com a conduta dos membros do Supremo.

"Tenho visto, e eu disse naquela oportunidade, que a magistratura brasileira não está feliz. Mais de 80% dos juízes e juízas do Brasil, de primeira e segunda instâncias, não estão de acordo com o que está fazendo o Supremo Tribunal Federal", afirmou Sebastião.

"Os crimes cometidos por Alexandre de Moraes estão sendo cometidos com as suas decisões. No momento que as decisões dele estão em vigor, o crime está acontecendo. Portanto, ele está em estado de flagrante delito", disse ainda durante seu discurso.

Ele ainda falou sobre os silêncio dos senadores, a quem compete executar tal medida.

"Infelizmente, não sei os motivos dos senhores senadores estarem quietos, concordando com essa situação. Resta ao presidente da República convocar as Forças Armadas para efetuar a prisão de Alexandre de Moraes", completou o magistrado.

Por Francisco Gelielçon

Reprodução autorizada somente com os créditos do jornalista, site e o link da matéria.

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.