Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Chuva arrasta carros, abre crateras, deixa morto e desaparecidos no Brasil

Temporais provocaram deslizamentos de terra que interditaram estradas pelo país; equipes buscam desaparecidos no Paraná


Reprodução / Redes Sociais

As fortes chuvas que atingem parte do país no início desta semana deixam rastro de destruição. Os temporais arrastaram carros, abriram crateras e provocaram ao menos uma morte até esta terça-feira (29/11). Por enquanto, as autoridades não informaram o número total de desaparecidos, mas equipes fazem buscas em rodovias do Paraná.

No Sul do país, o deslizamento da BR-376, perto da divisa entre Paraná e Santa Catarina, deixou pelo menos um morto. O corpo foi encontrado na noite de segunda-feira (28/11), por volta das 22h30. Ainda não houve a confirmação da identidade da vítima.

Uma encosta caiu na rodovia. De acordo com o governo paranaense, a terra invadiu 200 metros das duas pistas. Informações preliminares indicam que 10 carros e cinco caminhões foram soterrados.

Devido aos estragos, o governo do Paraná e as prefeituras de municípios litorâneos criaram uma força-tarefa para atender às vítimas.


Estradas interditadas

Por causa dos deslizamentos, estradas no país acabaram interditadas pelas autoridades nesta terça.

O deslizamento na divisa entre Paraná e Santa Catarina atingiu os dois sentidos do Km 669. Até as 10h40, os dois trechos seguiam interditados, sem previsão de liberação.

Na região do Vale do Ribeira, sul do estado de São Paulo, também houve bloqueio de vias. De acordo com informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Km 546, na altura de Barra do Turvo, está com a faixa da esquerda interditada no sentido Curitiba.

Ainda na região da cidade de Barra do Turvo, o Km 539 tem a faixa dois e o acostamento interditados no sentido São Paulo.

Crateras abertas no ES

Um trecho da rodovia BR-101, em Linhares (ES), está totalmente interditado depois das chuvas constantes que atingem a região.

Vídeos e fotos mostram que duas enormes crateras se formaram na pista, impossibilitando o tráfego de veículos.

Veja o vídeo:


Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) do Espírito Santo, não há previsão para o fim da interdição.

Por Thayná Schuquel - Metrópoles

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.