Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Sob escolta, urnas eletrônicas são levadas a locais de votação no DF

Acompanhadas em tempo real por equipe do TRE-DF, as urnas eletrônicas estão sendo levadas para 610 locais de votação para o 2º turno


Hugo Barreto/ Metrópoles

As 6.748 urnas eletrônicas — além de 700 reservas — que serão utilizadas no 2º turno das Eleições 2022 no Distrito Federal começaram a ser transportadas até os 610 locais de votação na manhã desta sexta-feira (28/10).

O presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF), desembargador Roberval Belinati, e a Polícia Judicial, acompanharam a saída das urnas para os locais de votação nesta manhã. Os caminhões são monitorados, em tempo real, por servidores da Corte.

As urnas eletrônicas são escoltadas pela Polícia Militar do Distrito Federal PMDF) e acompanhadas, em tempo real, por servidores da Justiça Eleitoral encarregados de promover a entrega dos equipamentos. Nos locais de votação, o administrador do espaço, geralmente o diretor da escola, recebe as urnas e atesta o recebimento. Outras setecentas urnas foram distribuídas como contingência, em caso de eventual necessidade de troca.

Os equipamentos, distribuídos em 41 caminhões, começaram a deixar os três depósitos do TRE-DF no Plano Piloto, no Gama e em Taguatinga, às 7h. A operação ocorrerá durante toda a sexta-feira, com previsão de conclusão às 17h.

Durante o início do transporte das urnas, Roberval Belinati declarou: “A Justiça Eleitoral está preparada e as forças de segurança estão mobilizadas para garantir ao eleitor o exercício do direito do voto.”

Para evitar a formação de filas nos locais de votação, o TRE-DF está pedindo agilidade aos mesários das seções eleitorais.

“Esperamos eleições absolutamente pacíficas aqui no Distrito Federal. A orientação é para que os eleitores se preparem para o pleito. Separem o título, o celular com o aplicativo E-Título e um documento com foto. Estamos pedindo agilidade aos mesários para evitar a formação de filas e diminuir o tempo de espera para a votação”, afirmou o desembargador.

Em Brasília, haverá apenas eleição para presidente da República, pois o governador Ibaneis Rocha (MDB) foi reeleito no primeiro turno, com 50,3% dos votos válidos.

“O meu apelo é para que os cidadãos não deixem de votar. Que todos façam a sua escolha e participem”, pontuou Belinati.

A previsão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é a de que o resultado da eleição seja divulgado por volta das 21h30.

Todas as urnas eletrônicas passaram por preparação e aposição de lacres assinados por juízes que atestaram a integridades dos equipamentos entre 19 e 26 de outubro, na última semana antes do segundo turno do pleito, que ocorre no próximo domingo (31/10), das 8h às 17h.

Neste sábado (29/10), os presidentes das mesas eleitorais estarão nos locais de votação para preparar o ambiente.

“Queremos que haja um momento de reconciliação. Da união do Brasil. Nós precisamos de um bom governo. Que o próximo presidente seja um governante para todos”, ressaltou o presidente do TRE-DF.

Por Nathália Cardim - Metrópoles

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.