Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Bolsonaro recebe apoio de prefeitos: “Vamos hipotecar política sadia”

Pela segunda semana consecutiva, Bolsonaro faz ofensiva por alianças políticas. Candidato à reeleição ainda não iniciou agenda de viagens


Rafaela Felicciano/Metrópoles

O presidente e candidato à reeleição Jair Bolsonaro (PL) recebeu, na manhã desta segunda-feira (10/10), no Palácio da Alvorada, os prefeitos de Sorocaba (SP), Rodrigo Maganhato (Republicanos), e de Manaus (AM), David Almeida (Avante), que declararam apoio ao mandatário.

Durante o encontro, Bolsonaro citou o relacionamento com os chefes dos Executivos municipais durante a pandemia e disse que não faltam recursos para os municípios. O titular do Palácio do Planalto ainda afirmou que o apoio de prefeitos “será muito mais concentrado” e traduzido em mais votos para ele e Tarcísio de Freitas, que disputa o governo de São Paulo.

“Logo mais receberei outros prefeitos. Amanhã também estaremos com outros prefeitos de Santa Catarina, Camboriú, Pelotas e Rio Grande do Sul. Continuamos fazendo as articulações. Estamos indo bem e acreditamos na vitória. […] Hipotecar solidariedade e esperança de continuar tendo uma política sadia com minha reeleição. Esse apoio de prefeitos será muito mais concentrado”, ressaltou o presidente.

O prefeito de Sorocaba reforçou também o respaldo à candidatura do correligionário Tarcísio de Freitas. “Tivemos um apoio maciço de prefeitos que estão aderindo ainda mais à campanha do governador Tarcísio e do nosso presidente Bolsonaro. Alguns que não declararam o apoio explicitamente agora estão apoiando de fato, vestindo a camisa”, disse Maganhato em coletiva de imprensa no Alvorada, residência oficial de Bolsonaro.

Em seguida, o prefeito de Manaus declarou: “Reitero a alegria de estar aqui prestando o apoio necessário para a população brasileira. É isso que o povo brasileiro quer”. David Almeida garantiu já caminhar com Bolsonaro desde que era deputado. “Sou cristão e defendo os princípios”, pontuou.

“Eu já caminho com o presidente Bolsonaro desde 2015, quando eu era deputado. Nós concedemos uma medalha quando ele tinha ainda, naquela época, 1,5% de intenção de votos, e nós já estávamos juntos. Eu comungo dos pensamentos dele; sou cristão, evangélico desde que nasci, e defendo todos os princípios”, assinalou Almeida.

“Temos uma coisa que nos une muito, que é a zona franca. Serviu para integrar a região com o resto do nosso Brasil. [A zona franca] Será preservada, como sempre foi, no próximo governo”, destacou o mandatário da República, em resposta a Almeida.

Jair Bolsonaro disputa o segundo turno com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A votação vai ocorrer no próximo dia 30 de outubro.

Pela segunda semana consecutiva, Bolsonaro faz ofensiva para angariar apoio de aliados políticos no segundo turno. Ao longo da semana passada, recebeu prefeitos, deputados, senadores e governadores eleitos em Brasília.

Agenda

O candidato à reeleição focou a primeira semana do segundo turno nas articulações políticas. As primeiras viagens ocorrerão a partir de terça-feira (11/10), com agendas em Balneário Camboriú (SC) e Pelotas (RS).

Na quarta-feira (12/10), Bolsonaro irá a Belo Horizonte (MG) e a Aparecida do Norte (SP), no feriado em que se celebra o Dia de Nossa Senhora Aparecida.

Na quinta (13/10), o candidato estará em Recife (PE) e terá uma agenda religiosa em Brasília à noite.

Já na sexta (14/10), o chefe do Executivo federal estará no Rio de Janeiro, para entrevista a um canal simpatizante e uma caminhada em Duque de Caxias. No mesmo dia, ele regressa a Belo Horizonte para outra agenda.

Por Mariana Costa e Flávia Said - Metrópoles

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.