Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Vídeo: cordão humano evita motociclista ser carregado por enxurrada

Moradores do Entorno do DF foram surpreendidos com fortes chuvas na tarde desta quinta-feira (22/9). Uma mulher chegou a ser arrastada


Reprodução TV Record

Pouco tempo depois de o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitir alerta laranja, para risco de tempestades no Distrito Federal e Entorno, um verdadeiro pé d’água caiu em ambas as regiões, causando estragos e assustando quem passava pelo local. Nesta quinta-feira (22/9), em Valparaíso (GO), passageiros de um ônibus fizeram um cordão humano para salvar um motociclista, que estava sendo arrastado pela enxurrada.

Toda a cena foi filmada em diferentes ângulos. A gravação mostra, no primeiro momento, dois motociclistas sendo derrubados pela força da água. Preocupado, o motorista de um ônibus, da Viação Catedral, para o veículo e inicia uma operação de salvamento. Os passageiros do coletivo se unem em um cordão humano e salvam o motociclista, impedindo que ele continuasse sendo arrastado pela enchente.

Veja:


Em outro vídeo, uma mulher foi literalmente arrastada pelo asfalto devido à força da enxurrada que atingiu a região. As filmagens que circulam em grupos de WhatsApp registraram, ainda, contêineres sendo arrastados, grande quantidade de lixo sendo levada pela água e um carro que é praticamente tragado por uma cratera que se abriu na rua.


Em Planaltina de Goiás, as fortes chuvas deixaram automóveis ilhados em uma das avenidas. O carros aparecem submersos em decorrência da enxurrada:


No Sol Nascente, Distrito Federal, os motoristas que circulavam por uma das avenidas também tiveram problemas por causa da quantidade de água acumulada na via pública. A enxurrada se aproximou da altura das calçadas.

A chuva também surpreendeu os moradores do Jardim Ingá, município de Luziânia. Vídeos gravados na região mostram ruas alagadas. Em algumas localidades, veículos ficaram ilhados. Além disso, em outras quadras, a água invadiu residências.

Por Thalita Vasconcelos e Felipe Torres - Metrópoles

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.