Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

ABBP reage contra Leandro Grass por atacar a imprensa do DF


A Associação Brasileira de Portais de Notícias (ABBP), vem a público se manifestar em defesa e solidariedade aos portais de notícias do Distrito Federal, contra o candidato ao governo do Distrito Federal (GDF) da FE Brasil (PT-PV-PCdoB), Leandro Grass.

O candidato, por meio de seu perfil no Twitter, ataca a democracia e a liberdade de imprensa ao fazer injúrias e difamar os veículos da comunicação brasiliense.

O baixo desempenho de sua campanha eleitoral, onde aparece entre os últimos colocados nas pesquisas de intenção de voto, fez o parlamentar partir para o ataque aos meios de comunicação, tentando calar aqueles que não comungam com os mesmos ideais do candidato.

O comportamento de Grass mostra o autoritarismo de quem se propõe a assumir um governo que pertence ao povo do DF e não a um partido ou a um político.

Os ataques de Leandro Grass atestam a sua incapacidade para assumir, não só o cargo de governador, como qualquer outro cargo público, bem como demonstra o desconhecimento que ele e sua equipe têm das normas e das leis que regem o mercado publicitário brasileiro.

Em sua postagem, o candidato tenta macular os blogs e portais de notícias como sites comprados por Ibaneis Rocha, atual governador do DF e candidato à reeleição.

Ao atacar a imprensa, Grass revela que desconhece a atuação desses veículos de comunicação, que são empresas sérias, geram empregos e renda para a economia do DF e pagam seus impostos.

Além disso, os blogs e portais de notícias que operam no DF são submetidos a uma série de normas e de leis para poder participar de um plano de mídia técnica, elaborado por profissionais de agências de publicidades renomadas.

As empresas associadas a ABBP, segue rigorosamente a legislação vigente e ainda são fiscalizadas pelo Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF).

Essas regras são as mesmas exigidas para os grandes conglomerados de comunicação, como TV Globo, TV Record, Band, CBN, Correio Braziliense, Metrópoles, G1 e outros veículos de comunicação do DF. Todos têm que cumprir os mesmos requisitos para se adequar a legislação.

Ao longo do tempo, o senhor Leandro Grass vem tentando apequenar a atuação dos portais de notícias e blogs do DF chegando inclusive a apresentar denúncias falsas junto ao Ministério Público do Distrito Federal e Território (MPDFT), que não obtiveram êxito por falta de provas.
Deputado de primeiro mandato, Grass foi alçado como candidato a governador pelas ‘velhas raposas’ do PT e da extrema-esquerda brasiliense.

Nos bastidores da própria Federação, há relatos de fontes que afirmam que Grass deixou o fracasso subir a cabeça, já que no dia 1º de janeiro de 2023 deixará de ser deputado já que não tem chances de vencer a disputa ao Palácio do Buriti.

Com a tentativa de calar a imprensa e atacar a liberdade de expressão e a democracia, o candidato Grass mostra que não sabe receber críticas e prefere adotar um discurso autoritário.

A ABBP, entidade que reúne 33 empresas associadas, não permitirá que políticos idiotas e imbecis, seja ele, qual forem, tente desqualificar o compromisso com o bom jornalismo.

Seja qual for o próximo governador do DF, os nossos portais estarão qualificados, perante a lei, para continuar participando do mercado publicitário, seja no âmbito do GDF ou da iniciativa privada.
Uma eleição para governador não deveria servir para esses tipos de ataques. O eleitor do candidato Leandro Grass apenas propostas e não baixarias usadas no jogo sujo da velha política.

Brasília-DF, 02 de setembro de 2022.
Associação Brasileira de Portais de Notícias (ABBP)

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.