Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Homem acusado de estrangular e matar idosa no Guará foi preso pela PCDF em SP

José Paulo Trindade, 64 anos, foi encontrado pela equipe de investigação em uma praça pública, no município de Ribeirão Preto


Material cedido ao Metrópoles

A Polícia Civil do DF (PCDF) prendeu, neste sábado (30/7), o homem acusado de ter estrangulado uma idosa, no Guará II, em dezembro do ano passado. Geralda Cândida Santos Nascimento, 79 anos, foi encontrada morta com fio de telefone enrolado no pescoço, dentro da própria casa.

José Paulo Trindade, 64 anos, foi detido pela equipe de investigação em São Paulo, conforme apurou o Metrópoles. A prisão ocorreu em uma praça pública, no município de Ribeirão Preto, no interior do estado.

No total, foram 8 meses de investigação levadas a cabo pela 4ª Delegacia de Polícia (Guará II). O suspeito alternava de estado em estado para dificultar sua localização. Passou um tempo no Rio de Janeiro e depois seguia para São Paulo. Para tentar não chamar a atenção, ele usava documentos falsos com o nome de Evilásio Rodrigues da Silva.

“Esse verme matou a minha avó”, diz neto de idosa estrangulada no DF

Ficha extensa

O criminoso acumula 16 passagens pela polícia do DF e era foragido do Sistema Penitenciário desde 2015. Entre os crimes dos quais ele é suspeito, constam dois estupros. Um deles em Acreúna (GO) e outro em Ceilândia.

No dia do crime, José Paulo bateu de porta em porta, na QE 30 do Guará 2. Geralda Cândida Santos Nascimento, de 79 anos, estava sozinha em casa quando o suspeito a abordou, oferecendo serviço de marceneiro.

Como a idosa precisava de um reparo na caixa d’água, abriu o portão para que o homem entrasse. Ela foi encontrada morta, com um fio enrolado no pescoço. A 4ª DP teve acesso às imagens do ônibus que José pegou ao sair da QE 30, onde cometeu o latrocínio, e desembarcou na QI 7, no Guará l.

Ele tinha um corte na bochecha e na boca, provocado possivelmente por uma luta corporal com a vítima.

Por Carlos Carone e Mirelle Pinheiro - Metrópoles

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.