Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Temporal deixa pelo menos 34 vitimas fatais em Petrópolis; veja imagens impressionantes

A força da água arrastou carros, formou cachoeira pelas ruas e deixou rastro de destruição na cidade que fica na região serrana do Rio



O temporal que atingiu a cidade de Petrópolis, na região serrana do Rio de Janeiro, nessa terça-feira (15/2), causou ao menos 160 deslizamentos e matou 34 pessoas. O cenário é de guerra na cidade. A prefeitura decretou estado de calamidade pública. O presidente Jair Bolsonaro (PL), que está em agenda na Rússia, se solidarizou com as vítimas e deve visitar o local da tragédia no fim de semana.

Foram seis horas de chuva. O volume supera o esperado para o mês de fevereiro. A força da água arrastou carros. Uma cachoeira se formou nas ruas. A Defesa Civil recebeu ao menos 263 chamados de pessoas que moram nos locais atingidos. As buscas por vítimas continuam.

A região serrana do Rio de Janeiro viveu a maior tragédia climática da história do Brasil em 11 de janeiro de 2011, quando a chuva que caiu naquele dia deixou mais de 900 mortos e quase 100 desaparecidos.

A tragédia se repete 11 anos depois. Moradores de Petrópolis informaram que o atendimento médico na cidade está caótico. Nessa terça, todas as sirenes foram acionadas, alertando os residentes das áreas de risco. A subida para Petrópolis foi interditada por causa de queda de barreira na BR-040.

Em vídeos que circulam pelas redes sociais, é possível ver o terror e o rastro de destruição deixados pela chuva. Confira:









Por Márcia Delgado e Laura Braga do Metrópoles

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.