Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Filippeli reforça seus trabalhos em busca de uma vaga na CLDF após saída de Ericka do MDB


O anúncio feito nestes sábado (19), pela secretária da Mulher, Ericka Filippelli, sobre a sua saída do MDB, do Distrito Federal, fez com que o ex-vice-governador Tadeu Filippelli intensificasse, ainda mais, a sua caminhada por um das 24 vagas de deputado da Câmara Legislativa do DF.

Na manhã de hoje, por exemplo, o ex-vice-governador amanheceu em uma rádio de Taguatinga.

Tomou café com pão e manteiga na padaria e seguiu conversando e se reunindo com históricas lideranças da importante cidade de Samambaia.

Se Ericka, tinha 11 anos no MDB, exercendo ultimamente o cargo de presidente do MDB Mulher, o sogro dela, Tadeu Filippelli, é membro histórico do partido e presidente de honra da legenda que mais tempo governou o Distrito Federal.

Atualmente, quem ocupa a cadeira número 1 do Buriti é o emedebista Ibaneis Rocha, que vai à reeleição em outubro desse ano.

A saída de Ericka do MDB foi assimilada, pelos analistas políticos local, como uma decisão estratégica e inteligente para buscar, também, uma vaga como parlamentar da Câmara Legislativa e, o mesmo tempo, ajudar na reeleição do governador Ibaneis.

Nos últimos anos, sem dúvida, a nora de Filippelli mostrou que tem luz própria para seguir na vida pública e continuar na luta pela defasa da mulher, bandeira empoderada por ela, muito antes de ocupar a pasta do governo, que trata de políticas públicas, voltadas para o segmento feminino.

“Vejo com muito respeito a trajetória política de Ericka. Além de ser minha nora ela prova que tem luz própria e faz um trabalho fantástico no empoderamento da mulher brasiliense”, disse Tadeu Filippelli ao Radar Politico.

Quem conhece Filippelli sabe que ele é um animal político que nunca se afasta do debate da causa pública, mesmo em períodos em que esteve sem mandato representativo como nos últimos dois anos.

Chegou a ocupar a vaga de deputado federal, na vaga da deputada Celina Leão(PP) durante a  passagem da deputada como secretária dos Esportes do governo Ibaneis.

Nesta manhã de sábado, o ex-vice-governador atingiu a marca de 60% das regiões administrativas visitadas nos últimos 20 meses. O foco é a CLDF.

Filippelli quer voltar às pautas da política local, “tarefa difícil para quem exerce um mandato no Congresso Nacional, cuja pauta é debater o país”, define ele.

O ex-governador já teve três mandatos e meio como deputado federal, mas iniciou a sua vida política na Câmara Legislativa.

Se voltar um pouco o filme, os brasilienses sabem que Filippelli foi um dos importantes motores que ajudou a impulsionar o governo Roriz, na realização das mais importantes obras, após a belíssima construção de Brasília, tocada por JK.

“Estou entusiasmado com a nossa caminhada que tem o propósito de desafiar o status quo, defendendo novas ideias em busca de algo melhor, para resgatar a nossa luta de antes, focada, unicamente, na melhoria da qualidade de vida do povo do DF”, pontua.

Filippelli disse ainda, que o MDB, partido de sua “eterna paixão”, tem a missão partidária de continuar fazendo o melhor para o povo brasiliense.

“Ibaneis deve continuar lutando para estar a frete do governo“, afirmou.

Da redação

Nenhum comentário

Agradecemos pelo comentário.