Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

ABSURDO! Pai é preso suspeito de estuprar as seis filhas em município do interior do Acre

Durante depoimento a mãe informou que desconhecia os atos praticados pelo marido e revelou que ele esperava a mulher sair para abusar das fi...

Durante depoimento a mãe informou que desconhecia os atos praticados pelo marido e revelou que ele esperava a mulher sair para abusar das filhas

 

Um crime bárbaro chocou os moradores da cidade de Assis Brasil, no estado do Acre, depois que um homem de 44 anos foi preso nesta terça-feira (09), por agentes da Polícia Civil, suspeito de estuprar as seis filhas, por vários anos. O agricultor foi preso durante o cumprimento de mandado de prisão preventiva expedido pelo juiz Alex Ferreira Oivane, da comarca do município.
 
A ordem judicial foi expedida depois que uma das filhas do suspeito, resolveu denunciar o pai para a polícia. Durante depoimento ela revelou que foi abusada desde os 13 anos de idade e suspeitava que as irmãs mais novas adolescentes também estariam sendo vítimas.
 
Após a denúncia, outra filha do homem, de 21 anos, também revelou  que foi vítima de estupro por anos. A vítima informou que resolveu mudar para a Rio Branco com o intuito de interromper os atos criminosos do próprio pai. Ela contou ainda à polícia que o ele ainda chegou a procurá-la na capital.
 
Mediante as graves denúnicias, agentes da Polícia Civil do Acre instauraram um inquérito policial para investigar o suspeito pelo crime de estupro de vulnerável. Durante o transcorrer das apurações foi solicitado à Justiça que fosse expedido o mandado de prisão preventiva, que foi acatado pelo juiz responsável pelo caso.
 
As outras quatro adolescentes que residem com o casal, confirmaram aos policiais que eram abusadas sexualmente pelo pai a anos, porém tinham medo de contar a mãe, pois eram constantemente ameaçadas.
 
As vítimas passaram por exames de conjunção carnal, porém o resultado deu negativo, conforme informações da polícia, porém as revelações das adolescentes dada a psicólogos do Poder Judiciário, confirmaram os crimes.  As quatro jovens e a mãe estão recebendo ajuda de psicólogos e assistentes sociais.
 
Em depoimento ao delegado responsável pelo caso, a mãe informou que desconhecia os atos praticados pelo marido e revelou que ele esperava a mulher sair para abusar das filhas. Ela alegou ainda que por morarem em um local de difícil acesso, passava um longo período no transporte quando tinha necessidade de ir à cidade.
 
Para comprovar essa informação, os agentes para cumprir o mandado de prisão preventiva precisaram percorrer 64 quilômetros de ramal, e em seguida, caminhar por mais 22 quilômetros  a pé. "Ao chegar na colocação retiro, os agentes deram voz de prisão ao acusado e o conduziram à presença da autoridade policial", informou a Polícia Civil do Acre.
 
Durante a abordagem, o suspeito não resistiu à prisão, porém na presença da autoridade policial, o delegado Erick Maciel,  negou as acusações.  Após ser ouvido, o agricultor foi encaminhado para o presídio Francisco de Oliveira Conde, no Complexo Penitenciário de Rio Branco, onde encontra-se à disposição da Justiça.

Da redação Estrutural On-line

Nenhum comentário