Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Mulher é alvejada a tiros durante abordagem de PMs em um posto de gasolina em Goiás

A vítima revelou que não conseguiu identificar que a abordagem estava sendo feita por policiais militares e temeu ser um assalto   Uma ação ...

A vítima revelou que não conseguiu identificar que a abordagem estava sendo feita por policiais militares e temeu ser um assalto

 

Uma ação desastrosa da Polícia Militar de Goiás na madrugada desta quarta-feira (20), deixou uma mulher baleada durante abordagem realizada em um posto de combustível do Jardim Ingá, em Luziânia, cidade do estado de Goiás.
 
Imagens de câmeras de segurança registraram o exato momento em que os militares atiram em direção ao carro de Meyrejane Brandão Dantas, de 49 anos. Os disparos atingiram a bexiga e o intestino da vítima que teve que passar por uma intervenção cirúrgica.
 
Segundo relato dos militares envolvidos na ação, momentos antes eles haviam recebido uma denúncia de que um veículo com as características semelhantes ao carro da vítima estaria cometendo roubos na região. No momento que eles avistaram o carro no posto, os PMs desceram da viatura e efetuaram cerca de sete disparos contra o carro da mulher.
 
De acordo com o boletim de ocorrência, os militares alegaram que durante abordagem foi acionado os sinais luminosos e realizada a  sinalização sonora para que a vítima parasse o veículo. A condutora teria empreendido fuga e iniciou uma perseguição até o posto de combustíveis.
 
Testemunhas disseram que a vítima ficou desesperada com a abordagem suspeita e teria retornado ao posto de combustíveis onde teria deixado o marido, caminhoneiro, que seguiu viagem. A mulher revelou que não conseguiu identificar que a abordagem estava sendo feita por policiais militares e temeu ser um assalto.
 
Os militares reiteraram que o carro da vítima tinha as mesmas características de um carro roubado na região e suspeitaram quando ela empreendeu fuga. Apesar de ser alvejada a tiros, o quadro de saúde de Meyrejane é estável.
 
Veja o vídeo:


Da redação Estrutural On-line
 

Nenhum comentário