Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

VULCÃO CUMBRE VIEJA: Após erupção, aproximadamente 35 mil pessoas são afetadas na Ilha de Palma

Apesar do clima de apreensão, o presidente das Ilhas Canárias, Angel Victor Torres, disse que não há relatos de feridos Pelo menos 35 mil pe...

Apesar do clima de apreensão, o presidente das Ilhas Canárias, Angel Victor Torres, disse que não há relatos de feridos


Pelo menos 35 mil pessoas foram afetadas pela erupção do vulcão Cumbre Vieja no arquipélago das Ilhas Canárias que teve início  às 15h12 desde domingo (19/9), e mudou a rotina de moradores nos quatro municípios da Ilha de Palma.
 
Autoridades locais alertaram a população local e enviaram soldados ao município de El Paso, o mais afetado da ilha, para ajudar na na retirada dos moradores. Foram montados cinco grandes abrigos para abrigar as pessoas de aldeias vizinhas.
 
De acordo com informações do jornal El País, as autoridades emitiram um comunicado pedindo tranquilidade e atenção aos moradores dos municípios de Fuencaliente, Los Llanos de Aridane, El Paso e Mazo após o comitê científico do Plano de Prevenção de Riscos Vulcânicos nas Ilhas Canárias (Pevolca) aumentar o risco vulcânico de La Palma para o nível amarelo na última terça (14/9).
 
Vale destacar  que não foi descartada a possibilidade de erupção desde que foram constatados pequenos abalos sísmicos no local. Nos últimos dias, foram registrados cerca de 6,6 mil tremores de terras com magnitude abaixo de 2 graus pelo Instituto Nacional Geográfico. O maior deles antecedeu a erupção e atingiu 3.8 graus na manhã deste domingo.
 
O Instituto Volcanológico de Canarias (Involcan), informou que um pequeno terremoto antecedeu a enorme explosão do vulcão Cumbre Vieja, que foi seguida de uma grande coluna de fumaça e a presença de lava. O magma provocou duas fissuras, duas bocas eruptivas diferentes na montanha, pelas quais a lava passou a escorrer.
 
Por conta do fenômeno, o presidente do governo espanhol, Pedro Sánchez, cancelou viagem a Nova Iorque e seguiu ainda neste domingo para a ilha de La Palma, conforme divulgado pelo seu gabinete.
 
“Diante da situação gerada na ilha de La Palma, o presidente do Governo adiou a viagem prevista para hoje a Nova York para participar da Assembleia Geral da ONU e se deslocará nesta mesma tarde às Canárias para acompanhar a evolução dos acontecimentos”. informou o serviço de imprensa do governo espanhol em um comunicado.
 
Apesar do clima de apreensão, o presidente das Ilhas Canárias, Angel Victor Torres, disse que não há relatos de feridos. Os voos para as Canárias não foram alterados.

Da redação Estrutural On-line

Nenhum comentário