Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Idoso invade UBS em Vicente Pires e agride enfermeira com um soco

Agressor que também é proprietário do imóvel queria furar a fila para receber atendimento Um idoso de 71 anos foi conduzido até uma delegaci...

Agressor que também é proprietário do imóvel queria furar a fila para receber atendimento


Um idoso de 71 anos foi conduzido até uma delegacia após agredir uma técnica de enfermagem com um soco na manhã desta quarta-feira (29), por volta das 7h20, na Unidade de Saúde Básica (UBS) 1 de Vicente Pires. Segundo relato da vítima, o agressor, que é proprietário do imóvel onde funciona a unidade de saúde, foi impedido de furar a fila. Após ser negado atendimento ele partiu para as agressões.  
 
A técnica de enfermagem estava preparando o local para início do atendimento quando foi surpreendida pelo idoso, que forçou a porta e invadiu o consultório alegando que teria pago R$ 5 mil "nisso aqui". A profissional de saúde ainda tentou contornar a situação e explicar que ele deveria aguardar para ser atendido conforme a fila de espera.
 
Visivelmente descontrolado, o agressor não quis aceitar as explicações da técnica de enfermagem e continuou fazendo ameaças apontando o dedo no rosto dela. Ao tentar  abaixar a mão do paciente, ele  desferiu um soco que atingiu o nariz e a boca da vítima. Na sequência, ele passou a falar palavrões e precisou ser contido por um vigilante que acionou uma equipe da Polícia Militar. Só havia uma mulher na frente do idoso para ser atendida.
 
Essa não é a primeira vez que o idoso trata com falta de respeito aos funcionários da UBS. Durante abordagem da polícia, ele tentou negar a agressão e deu outra versão ao ocorrido. O idoso alegou que foi na unidade de saúde para resolver um problema de furto de cabos de energia, e que teria sido convidado por uma médica a comparecer ao local na manhã seguinte para passar por uma consulta.
 
Ainda segundo a versão do idoso, ao solicitar informações a técnica de enfermagem teria supostamente tratado com grosseria e teria batido a porta na sua cara. Indignado com a situação, ele teria empurrado o rosto da técnica de enfermagem, porém não teria agredido a vítima.
 
Após ser ouvido na delegacia, ele foi liberado e se comprometeu a comparecer em juízo quando intimado. Uma testemunha que presenciou toda confusão confirmou que toda versão relatada pela técnica de enfermagem. O caso será investigado pela 8ª Delegacia de Polícia (Estrutural), onde o flagrante foi lavrado.

Da redação Estrutural On-line

Nenhum comentário