Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Armazém dos móveis

Banner-armaz-m-dos-m-veis

Menina de 12 anos é estuprada por homem de 51 anos, após marcar encontro em rede social

Criminoso se passou por adolescente para enganar a criança e depois consumar a violência sexual Uma menina de 12 anos foi sequestrada e  est...

Criminoso se passou por adolescente para enganar a criança e depois consumar a violência sexual


Uma menina de 12 anos foi sequestrada e  estuprada na madrugada do último sábado (21), após ter sido atraída por um homem de 51 anos, em Mirassol, município do interior de São Paulo. A vítima foi levada para um sítio em Fronteira, cidade no Triângulo Mineiro.
 
De acordo com informações, o suspeito foi preso em São José do Rio Preto, no interior paulista, e se passou por um adolescente na rede social. Após conquistar a confiança da criança, o criminoso convenceu a vítima a se encontrar com ele. Sem saber que estava sendo enganada, a jovem saiu de casa sem o consentimento dos pais.
 
O delegado Mauro Truzzi, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de São José do Rio Preto, revelou que a menina ao chegar no local para encontrar o suposto adolescente, foi surpreendida pelo homem que a levou.

A garota foi conduzida para um imóvel na zona rural, localizado a 80 quilômetros de Mirassol, foi obrigada a beber um suco e comer uma macarronada. A vítima contou à polícia, que depois disso ela desmaiou e, ao acordar, notou que tinha sido estuprada.
 
Ainda de acordo com a polícia, somente na madrugada da última segunda-feira (23), o criminoso levou a menina de volta para a cidade de Mirassol. A vítima foi encaminhada para o Hospital da Criança e Maternidade (HCM) de Rio Preto e após a realização de exames foi confirmado as agressões sexuais, além de apresentar hematomas pelo corpo.
 
Após chegar ao conhecimento da polícia, foram realizadas diligências e uma equipe do Batalhão de Ações Especiais (Baep) de São José do Rio Preto realizou a prisão do suspeito que foi conduzido para a carceragem da Divisão Especializada em Investigações Criminais (Deic), no interior paulista.

Da redação Estrutural On-line

Nenhum comentário