Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Explosões no aeroporto de Cabul deixa 13 mortos e dezenas de feridos, afirma Talibã

Até o momento ninguém assumiu a autoria do atentado  Pelo menos 13 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas após ter sido registrado duas ...

Até o momento ninguém assumiu a autoria do atentado 


Pelo menos 13 pessoas morreram e dezenas ficaram feridas após ter sido registrado duas grandes explosões na parte externa do aeroporto de Cabul, onde milhares de afegãos desesperados, tentavam fugir do Afeganistão em um dos vôos de ajuda humanitária internacional. As informações foram divulgadas pelo grupo terrorista Talibã.

"Mais de 30 pacientes chegaram até o momento ao nosso centro de cirurgia de Cabul. Outros seis já estavam mortos quando chegaram" , postou no Twitter a ONG italiana Emergency, que tem um hospital na capital afegã.
 
O grupo extremista informou que foi necessário ativar o protocolo de emergências. A previsão é que aumente o número de vítimas.

O porta-voz do Pentágono, John Kirby, publicou no Twitter que entre as vítimas  há americanos e civis. Ele classificou o “ataque como complexo” com duas explosões.

Segundo informações do porta-voz, uma das explosões ocorreu perto do Baron Hotel na capital, próximo ao portão Abbey do aeroporto, onde também foi registrado outra ocorreu da mesma natureza. Desde que tomaram o poder no dia de agosto, o evento de hoje é o primeiro atentado na capital do Afeganistão , Cabul.

A primeira das explosões ocorreu às 18h24 (hora local; 10h58 em Brasília), perto de um dos portões do aeroporto de Cabul, segundo a emissora afegã Ariana News.

Após as explosões, o clima é de desespero e aflição. A mídia local divulgou Images onde é possível ver vários corpos, além de pessoas gravemente feridas sendo encaminhada para unidades de saúde.  A informação é que a primeira explosão foi muito forte e assustou a todos das imediações. O Ministério da Defesa da Turquia também informou que houve duas explosões nas imediações do aeroporto.

Ninguém, até o momento assumiu a autoria do atentado e por sua vez, não há relatos dos líderes do Talibã sobre ter alguma relação com o ocorrido. 

Vale lembrar que a embaixada dos EUA no país já havia alertado os americanos a não se aproximarem do aeroporto de Cabul por “ameaças de segurança” nos acessos à instalação.

Antes dos momentos de terror vividos pelos civis, o embaixador americano em exercício no Afeganistão, Ross Wilson, destacou nesta quinta-feira (26), em entrevista à emissora ABC News, que as ameaças eram “críveis e iminentes.

Da redação Estrutural On-line

Nenhum comentário