Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Armazém dos móveis

Banner-armaz-m-dos-m-veis

Neoenergia, antiga CEB, lança atendimento virtual através do WhatsApp

Além de solicitar a 2ª via de conta e a religação, o cliente também pode comunicar interrupções de energia via mensagem no aplicativo; o ser...

Além de solicitar a 2ª via de conta e a religação, o cliente também pode comunicar interrupções de energia via mensagem no aplicativo; o serviço é acionado pelo número (61) 3465-9318



A Neoenergia, antiga Companhia Energética de Brasília (CEB), começa a oferecer, a partir de hoje (29/6), diversos serviços via WhatsApp. São serviços que antes só eram feitos de forma presencial e que passam também a serem realizados de forma remota. Segundo a empresa, o objetivo da proposta é de contribuir com a comodidade do cliente e o distanciamento social.

“Em março de 2020 implementamos o atendimento por WhatsApp nas distribuidoras do grupo Neoenergia e, em 15 meses já realizamos 8,3 milhões de atendimentos, facilitando a interação de 2,5 milhões de clientes únicos”, comenta Renato Suplicy, Gerente Corporativo de Estratégia e Serviços Digitais da Neoenergia.

Esses serviços digitais já vinham sendo utilizados pela população, em razão da pandemia, mas agora ficarão disponíveis de forma permanente à sociedade. De acordo com a empresa, trata-se de um serviço fácil e acessível a todos. 

Por meio do número de WhatsApp – (61) 3465-9318 – o usuário poderá, nesta primeira fase de implantação do sistema, acessar três serviços, como é o caso da solicitação da 2ª via de conta e a religação, da possibilidade de informar sobre a interrupções de energia via mensagem no aplicativo e enviando o número do código do cliente [somente números]. 

“A grande maioria da população já utiliza diariamente essa ferramenta e, a experiência da Neoenergia mostra que esse é um poderoso aliado da população, facilitando o contato com a distribuidora. Começamos com 3 serviços, mas ainda em 2021 teremos muitas novidades”, diz Suplicy.

Da redação Estrutural on-line

Nenhum comentário