Page Nav

HIDE

Gradient Skin

Gradient_Skin

Últimas notícias

latest

Mesmo com pandemia, Ibaneis faz mais obras que os últimos 2 governos do DF

Mesmo investido pesadamente no setor da saúde pública, com contratação de pessoal, compras de insumos e construção de hospitais no combate à...


Mesmo investido pesadamente no setor da saúde pública, com contratação de pessoal, compras de insumos e construção de hospitais no combate à pandemia, o governador Ibaneis Rocha (MDB), investe mais de R$ 1,6 bilhão em obras urbanas por todo o Distrito Federal.

Com apenas dois anos no comando do Buriti, tendo que enfrentar uma das maiores pandemias da história da humanidade, com reflexos negativos na economia e produzindo desemprego, mesmo assim Ibaneis Rocha se agigantou na gestão fazendo mais do que fizeram os governos de Agnelo Queiroz (PT) e de Rodrigo Rollemberg (PSB).

É visível o grande canteiro de obras que vem se transformando o DF com as megas estruturas viárias, algumas já concluídas e inauguradas, bem como reformas do Patrimônio Público e as construções de novas unidades básicas de saúde.

Até o final do ano, Ibaneis deve entregar aos mais de 100 mil habitantes uma nova Vicente Pires,  que viveram o caos urbano com carros sendo engolidos por crateras nas vias da cidade.

O velho sonho de mais de 1 milhão de pessoas que moram em Taguatinga, Ceilândia e Samambaia e Águas Claras,  também se tornou uma realidade pela iniciativa de Ibaneis, que destravou  a ampliação do viaduto da Estrada Parque Taguatinga Guará (EPTG) obra iniciada no governo Agnelo e paralisada no governo Rollemberg.

Até o final desde ano, a W3 Sul, um dos cartões postais mais abandonado nos últimos 30 anos, aos pouco se rejuvenesce e ganha cara nova.

As obras de revitalização avançam cada vez mais com melhorias nas vias urbanas e nas calçadas, com nivelamento por meio de piso tátil e rampas a fim de garantir acessibilidade.

Uma das obras estruturantes mais comemoradas pela população de Sobradinho, Planaltina e dos grandes conglomerados condominiais da região do Colorado, foi a inauguração feita por Ibaneis na última quarta-feira (12),  do Complexo Viário Governador Roriz, conjunto de vias na Saída Norte da capital.

A ex-primeira-dama Weslian Roriz, participou ao lado de Ibaneis do ato de inauguração. São 23 viadutos, quatro pontes, 28 km de vias e 14 km de ciclovia. A obra teve investimento de R$ 220 milhões.

Para essa região Ibaneis quer fazer mais:  vai construir um  viaduto na entrada de Sobradinho e o outro que vai interligar a entrada de Planaltina e a entrada de Brasilinha.

Confira, abaixo, os grandes projetos em execução e executados

Construção de dois viadutos na Estrada Setor Policial Militar
 
Valor investido: R$ 7,6 milhões
Empregos gerados: 220
Previsão de entrega: segundo semestre de 2021
O que foi feito na obra: no momento, a empresa contratada trabalha na escavação do terreno onde serão construídos os pilares dos viadutos e as pistas exclusivas para o transporte público.

Alargamento do viaduto da Estrada Parque Taguatinga

Valor investido: R$ 5,1 milhões
Empregos gerados: 180
Entregue em janeiro de 2020
O que foi feito na obra: os viadutos foram unificados e agora contam com 41,80 metros de largura distribuídos com 11 faixas, entre 3,5 e 4 metros, para a circulação de veículos. Cinco faixas são no sentido Plano Piloto e quatro no sentido Taguatinga, além de duas faixas centrais, com largura de 4 metros, para ônibus.

Túnel de Taguatinga, na Avenida Central

Valor investido: R$ 275 milhões
Empregos gerados: 1,2 mil
Previsão de entrega: primeiro semestre de 2022
Recursos: financiamento da Caixa Econômica Federal
O que foi feito na obra: o túnel terá 1.010 metros de extensão e vai contar com duas pistas paralelas, cada uma com três faixas de rolagem em cada sentido.

Rota de Segurança do Setor de Inflamáveis

Valor investido: R$ 12 milhões
Empregos gerados: 200
Previsão de entrega: julho de 2022
Recursos: originários da Terracap
Além de drenagem, serão construídas duas saídas do setor para os casos de emergência, em continuidade das vias já existentes (IN-1 e IN-2), seguindo paralelamente à via férrea até o Conjunto Lucio Costa. Ali elas se juntam à via marginal da EPTG. Quando a obra estiver pronta, cada uma das duas novas vias terá duas faixas de rolamento (mão dupla), com sete metros de largura, calçadas e ciclovia.

Reforma da W3 Sul

Valor investido: R$ 24 milhões
Empregos gerados: 500
Previsão de entrega: dezembro de 2022
Recursos: Fundurb e Terracap
Em todas as quadras serão executados os seguintes serviços: melhoria do sistema viário e no fluxo de pedestres, com acessibilidade; reforma dos estacionamentos; nivelamento das calçadas com piso tátil e rampas; arborização; paisagismo; reforma dos becos entre os blocos; pintura; sinalização horizontal e troca da iluminação.

Reforma do Setor de Rádio e TV Sul

Valor investido: R$ 4,3 milhões
Empregos gerados: 300
Previsão de entrega: julho de 2022
Recursos: Fundurb
O SRTVS vai ganhar mais 20 mil metros quadrados de novas calçadas, 130 bancos e 80 espécies de árvores para garantir sombra a quem transita na região. As calçadas serão largas, com o mínimo de 1,5 metro e o máximo de 8 metros, seguindo os moldes da revitalização da W3, com piso pré-moldado de 40 cm2.

Infraestrutura de Vicente Pires

Valor investido: R$ 540 milhões
Empregos gerados: 600
Previsão de entrega: os atuais contratos em vigor estão concluídos ainda no primeiro semestre de 2021
Recursos: financiamento da Caixa Econômica Federal
O que foi feito: drenagem, pavimentação, calçadas e meios-fios.

Duplicação da DF-140

Localizada nas proximidades de São Sebastião e do Jardim Botânico, a estrada dá acesso à DF-001 e segue até a divisa com Goiás.

Os 14,8 km de pista dupla custaram R$ 20,4 milhões aos cofres públicos – investimento que gera ainda 180 oportunidades de emprego.

Nenhum comentário